Fiuk diz que deixou cachorros em ONG por falta de tempo, e Luísa Mell dispara: 'abrigo não é hotel'

O terceiro colocado do BBB 21 disse que não abandonou os animais e que já está se organizando para recebê-los de novo

Escrito por Redação,

Zoeira
montagem com foto de fiuk e seus dois cachorros
Legenda: Cantor disse que não quis deixar os animais em um hotel por não conhecer as pessoas
Foto: Reprodução

Fiuk usou as redes sociais nesta quarta-feira (26) para falar sobre o paradeiro de seus dois cachorros. Ele explicou que antes de entrar no Big Brother Brasil (BBB) 21 deixou os animais aos cuidados de uma amiga que cuida de uma ONG de proteção animal. "Não conseguia dar assistência", disse o cantor. 

"Me perguntaram onde estão meus cachorros. Antes do BBB, estava gravando umas coisas e passando um tempo no Rio. Os cachorros precisam de atenção, carinho e cuidado[...]", pontuou Fiuk, que afirmou ainda não ter abandonado os cachorros da raça border collier.

O fato chegou até a ativista Luísa Mell, que classificou o ato como "absurdo" e disparou que "abrigo não é hotel". 

"Vocês têm noção a tristeza que é para os cachorros voltarem para o abrigo? Eu vejo o sofrimento que é para os cachorros devolvidos. Eu jamais deixaria meus cachorros no abrigo, até porque em abrigos acontecem brigas", comentou Mell. 

Resposta para Luísa Mell

O artista, que terminou o BBB 21 em 3º lugar, assistiu ao posicionamento de Luísa Mell e fez uma nova sequência de stories no Instagram pedindo desculpas e reafirmando que confia no local onde deixou os animais e que não tinha outra opção. 

"Não queria deixar em hotel porque eu não conheço as pessoas direito. Mas eles estão sendo muito bem cuidados. Agora, depois do BBB eu ainda estou numa correria de agenda, mas já estou montando as coisas para poder receber eles de novo", diz Fiuk. 

Ele finalizou afirmando que "tem um profundo respeito" pelo trabalho da ativista da causa animal. 

Luísa mell falando sobre o caso dos cachorros de fiuk
Legenda: A ativista se pronunciou marcando Fiuk no Instagram
Foto: Reprodução

Luísa Mell também se pronunciou novamente e afirmou que a conscientização das pessoas não deve despertar ódio, se referindo à repercussão negativa sobre os cachorros de Fiuk.

"Acho que ele não fez por mal. Foi muito sincero o vídeo que ele me mandou. Acho que está todo mundo aqui para aprender e evoluir. Inclusive eu. E eu tenho tentado conscientizar as pessoas e falar o que está errado com base no meu conhecimento, mas sem despertar ódio", pontua.