Eva Wilma é diagnosticada com câncer no ovário e segue internada em São Paulo

A atriz já estava em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde 15 de abril último

Escrito por Diário do Nordeste e Folhapress,

Zoeira
Atriz vestida com uma blusa azul e sentada em um sofá. Ela gesticula e está com um semblante sério
Legenda: A atriz enfrenta problemas de saúde desde o início do ano
Foto: Globo / Estevam Avellar

Após enfrentar diversos problemas de saúde desde janeiro deste ano, a atriz Eva Wilma, de 87 anos, foi diagnosticada com câncer no ovário. Segundo boletim médico divulgado neste sábado (8), ela começou o tratamento nesta semana e segue internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Eva já estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde 15 de abril último. Ela deu entrada devido a problemas cardíacos e renais, segundo boletim divulgado na ocasião. Na data, a equipe médica afirmou que ela estava consciente e respirando bem. Dias depois, o hospital apontou melhora em seu quadro.

Em janeiro, a atriz já fora hospitalizada no Hospital Vila Nova Star, da Rede D'Or, também em São Paulo, devido a uma pneumonia e chegou a ficar nove dias na UTI. Ela passou por exame para detectar a Covid-19, mas a doença foi descartada.

No dia 19, a equipe da atriz compartilhou no Instagram uma foto dela ensaiando na cama do hospital para gravar um off do filme "As Aparecidas", que teve as gravações interrompidas. "Foi gravado ali mesmo e depois finalizaremos em estúdio", disse a publicação.

"Quem tem a arte na veia sabe que 'o show tem que continuar'. O trabalho é vida. Como diria Gonzaguinha: 'um homem sem trabalho não tem honra, e sem a sua honra se morre, se mata'. Eva sempre lúcida. Sairá melhor", afirmou o post.

O boletim médico deste sábado é assinado pelos médicos Cláudio Cirenza, cardiologista; Roberto Sebastian Zeballos, clínico geral; Fernando Maluf, oncologista; e Miguel Cendoroglo, diretor do hospital.

Assuntos Relacionados