Eva Wilma deixa hospital após 21 dias internada com pneumonia

A atriz chegou a passar por exames para detectar possível infecção por Covid-19, mas os resultados foram negativos

Legenda: A atriz foi internada no último dia 10 de janeiro
Foto: Globo/Estevam Avellar

Eva Wilma, de 87 anos, recebeu alta no último domingo (31) após 21 dias de internação por pneumonia, segundo informou o portal G1 na tarde desta segunda-feira (1). A atriz estava no Hospital Vila Nova Star, localizado na Zona Sul da cidade, e chegou a realizar exames para Covid-19, mas obteve resultados negativos.

Logo depois da entrada na unidade de saúde, registrada no dia 10 de janeiro, Eva Wilma passou nove dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta de dificuldades respiratórias. Durante o tratamento, a artista teve suplementação de oxigênio depois de diagnóstico de pneumonia leve.

Internação e evolução

Ainda no dia 14 de janeiro, o boletim médico do hospital informou que Eva Wilma permaneceu consciente durante o tratamento para a doença. "Não há relação com a Covid-19. Ela está consciente, mantendo estabilidade hemodinâmica e boa evolução clínica", explicou a nota divulgada na data em questão.

Esta, inclusive, não foi a primeira vez que a artista foi internada por conta de problemas no pulmão. Em 2016, ela deu entrada na UTI do Hospital Albert Einstein com quadro de leve embolia pulmonar, mas conseguiu se recuperar após três semanas de cuidado e medicação.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?