Confira dicas para criar um ambiente perfeito em casa para curtir o São João

Decoração gastando pouco é alternativa para aproveitar a festa

Para entrar no clima de São João, decorar os ambientes é uma boa pedida. Como o isolamento social em decorrência da Covid-19 pede que as pessoas fiquem em casa, você pode comemorar a festa junina reaproveitando o que já tem em mãos.

> São João do Ceará Solidário Dendi Casa: veja programação do evento realizado pelo SVM
> Aprenda a fazer acessórios para o look da festa junina em casa

Confira dicas para criar um ambiente perfeito para curtir o São João em casa, gastando pouco dinheiro.

Use e abuse da palha 

Vivemos em um estado que produz diversos artigos de palha. Além de baratos, os chapéus, cestas, bandejas e caixas de palha são versáteis e atemporais, podendo ser reutilizados com pedaços de tecido ou guardanapos decorados para dar uma nova roupagem às peças, ensina Emily Gutierrez, visual merchandiser e vitrinista.

Ela afirma que as bandejas de palha podem compor a mesa, assumindo o papel de travessas ou mesmo de base para suportes de porcelana e vidro, por exemplo. Se a bandeja tiver laterais retas e altas, é possível colocá-la de cabeça para baixo e fazer uma composição de alturas na mesa. 

Minichapéus de palha podem ser utilizados na mesa, na decoração ou em brincadeiras. Na mesa, de cabeça para baixo, podem comportar quitutes. Vale decorá-los com fitas, guardanapos coloridos, folhas e flores secas ou deixá-los sem adorno. Na decoração, podem ser colados na parede com fita dupla face ou crepe, junto com bandeirinhas, frisa a profissional. 

Emily Gutierrez sugere que os chapéus de palha grandes sejam usados como base para bowls e tigelas redondas com guardanapos coloridos ou com jarros de flores, podendo ser decorados, da mesma forma que os minichapéus.

Garrafa de vidro 

Não faltam alternativas para enfeitar a garrafa de vidro, queridinha da ambientação: pintada, decorada com fitas, tecidos, barbantes ou guardanapos coloridos, acompanhada de flores ou adornos de feltro em ponta de palito de churrasco. Versáteis, as garrafas de vidro são um mimo na decoração. Para pintá-las, a visual merchandiser recomenda tinta acrílica ou spray.

Se preferir utilizar tecidos, Emily cita duas opções: medir o tamanho do tecido na garrafa, em seguida colá-lo na peça decorativa ou, primeiramente, colar o tecido no vidro e depois cortar o que sobrar. Os tecidos mais utilizados são a chita, a juta e o xadrez. É importante passar cola em pequenas áreas de cada vez e em pouca quantidade, para que ela não escorra, não vaze, nem seque antes do tempo, lembra a vitrinista.

Almofadas 

Outra medida prática é investir em almofadas quadriculadas, aponta o arquiteto urbanista Izaac Pedrosa. Até uma camisa velha pode ser costurada como capa da almofada, ou fazer uma de retalho com vários pedaços de tecido. “É uma forma fácil e barata para você aproveitar o que tem em casa, sem ter que comprar nada”, destaca o profissional. 

Juta e chita 

A dica para a toalha da mesa é utilizar juta ou chita. Se você prefere algo mais colorido, Emily Gutierrez recomenda a chita. Se você gosta que o colorido fique em outros adornos, a vitrinista sinaliza que a juta é mais neutra e ressaltará a cor dos demais objetos e das comidas à mesa. Um material pode ser usado como toalha de mesa e o outro como base (tipo jogo americano) na organização dos pratos na mesa, aconselha. 

Foto: Debora Gatti

Palitos

Ela comenta que três tipos de palitos - de dente, de churrasco e de picolé - são excelentes para criar adornos para colocar nas comidas ou nas garrafas de vidro. Eles podem, inclusive, ser usados para identificar cada prato.