Fátima Bernardes é empossada 'nova imortal' pela Academia Brasileira de Cultura; veja outros nomes

Órgão colegiado foi criado nesta quarta-feira (1º), no Rio de Janeiro, e reúne 50 nomes da cultura brasileira

A imagem mostra a apresentadora Fátima Bernardes numa vestimenta vermelha, segurando um diploma e um medalhão.
Legenda: A patrona de Fátima Bernardes na Academia Brasileira de Cultura é Hebe Camargo.
Foto: Reprodução/Instagram

A jornalista e apresentadora global Fátima Bernardes foi empossada nesta quarta-feira (1º) como “nova imortal” na Academia Brasileira de Cultura. Ela se juntou a um grupo de cerca de 50 nomes selecionados para representar segmentos da arte brasileira como televisão, música, teatro e cinema. A cerimônia de posse ocorreu no Centro Cultural Cesgranrio, no Rio de Janeiro. 

Além de Fátima, também foram empossados artistas como Zeca Pagodinho, Elza Soares, Wolf Maia, Ney Latorraca, Lilia Cabral, Rosa Maria Murtinho, Carlinhos de Jesus, Christiane Torloni, Walcyr Carrasco e Elisa Lucinda

"Ontem vi nascer a Academia Brasileira de Cultura. E mais, me tornei uma acadêmica. Que alegria estar entre tantos nomes importantes das artes. Cada um dos 50 membros fundadores tem um patrono. A minha é a apresentadora Hebe Camargo. Que responsabilidade!", comemorou a apresentadora no Instagram.

Academia Brasileira de Cultura

A Academia Brasileira de Cultura é um colegiado novo, criada pelo fundador da Fundação Cesgranrio, Carlos Alberto Serpa, que também figura dentre os “imortais” da cultura brasileira. 

Segundo o site Notícias da TV, os empossados receberam uma vestimenta vinho e dourado, confeccionada pelo Instituto Zuzu Angel, e um medalhão fabricado pelos artistas Welton Moraes e Victor Zott.

Em entrevista ao Gshow, Serpa explicou que a academia nasce para apoiar e levantar recursos para projetos culturais no Brasil. "A cultura está passando por um momento difícil, por isso, precisamos unir forças para garantir que os nossos jovens tenham ambiência cultural", disse o fundador da Cesgranrio.

Zeca Pagodinho

Nas redes sociais, o cantor e compositor Zeca Pagodinho, cujo patrono é Francisco Alves, comemorou sua posse atrelando a honraria ao Dia Nacional do Samba, celebrado nesta quinta-feira (2). "Um brinde!", disse ele, segurando um copo de cerveja.

Na cerimônia, ao lado da cantora lírica Carla Rizzi, Zeca interpretou o clássico 'Deixa a Vida me Levar'.

O ator Eriberto Leão também celebrou estar entre os membros fundadores da Academia. "Viva a cultura brasileira! A cultura salva!", escreveu ele na legenda de foto publicada no Instagram, na qual posa ao lado de Zeca Pagodinho e do produtor teatral Eduardo Barata.

Veja quem foram os empossados

  1. Zeca Pagodinho
  2. Elza Soares
  3. Fátima Bernardes
  4. Lucy Barreto
  5. Luis Carlos Barreto
  6. Beth Serpa
  7. Margareth Padilha
  8. Hilde Angel
  9. Carlos Tufvesson
  10. Carlos Alberto Serpa
  11. Eduardo Barata
  12. Marcelo Calero
  13. Ricardo Cravo Albin
  14. Leandro Bellini
  15. Claudio Magnavita
  16. Myrian Dauelsberg
  17. Dom Orani Tempesta
  18. Gonçalo Ivo
  19. Mário Mariano
  20. Marli Azeredo
  21. Isaac Karabtchevsky
  22. Carol Murta Ribeiro
  23. Fernando Portari
  24. Lilia Cabral
  25. Christiane Torloni
  26. Rosa Maria Murtinho
  27. Beth Goulart
  28. Stepan Nercessian
  29. Ney Latorraca
  30. Wolf Maia
  31. Eriberto Leão
  32. Vera Tostes
  33. Gabriel Chalita
  34. Nélida Pinon
  35. Roberto Halbouti
  36. Arno Wehling
  37. Marcos Vilaça
  38. Arnaldo Niskier
  39. Domicio Proença
  40. Walcyr Carrasco
  41. Elisa Lucinda
  42. João Kleber
  43. Ana Botafogo
  44. Dalal Achar
  45. Débora Colker
  46. Carlinhos de Jesus
  47. Newton Cunha 
Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados