Cineasta cearense Jefferson de Albuquerque ganha homenagem na Semana do Audiovisual do São Luiz

Pioneiro da cena audiovisual cearense, ele foi roteirista e diretor de 21 curtas e médias metragens. Semana completa cinco anos de realização

Escrito por Redação,

Verso
Legenda: Trecho de "Dona Ciça do Barro Cru", filme de abertura da mostra
Foto: Reprodução

Autor dos filmes da "Trilogia do Cariri", que reúne as produções “Dona Ciça do Barro Cru”, “Músicos Camponeses” e “Patativa do Assaré - Um Poeta do Povo”, Jefferson de Albuquerque Júnior será homenageado pela Semana do Audiovisual Cearense do Cineteatro São Luiz. A trilogia, portanto, será exibida neste mês de outubro na programação do equipamento. A abertura acontecerá com a exibição, nesta quinta (15), às 20h, de “Dona Ciça do Barro Cru”. 

A Semana do Audiovisual Cearense completa cinco anos. A estreia aconteceu em outubro de 2015. Nas programações especiais, o São Luiz trouxe, por meio do evento, exibição de curtas, médias e longas metragens de autores locais. Nesse percurso, houve até lançamento de novos trabalhos, a exemplo da primeira mostra do longa de animação 3D "13 – Um dia que mudou o mundo", do chargista Sinfrônio.

Também já integraram a programação mostras como a que homenageou a obra do diretor cearense Hermano Penna (autor de "Sargento Getúlio"). Em decorrência da pandemia do coronavírus, este ano os filmes serão exibidos pelas plataformas digitais do Cineteatro São Luiz. 

Homenagem

Jefferson de Albuquerque Júnior, hoje aos 72 anos de idade, tem mais de 40 anos de carreira no cenário do audiovisual brasileiro. Participou da equipe de cerca de 35 filmes de longa-metragem e militou como membro da Comissão de Reestruturação da Embrafilme, além de presidir a Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas e atuar como titular da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esporte em Barbalha (CE), onde nasceu. 

Legenda: O cineasta homenageado
Foto: Divulgação

Também ambientalista e hoje radicado no estado do Espírito Santo, Jefferson coordenou, de 2005 a 2008, um projeto na região do Caparaó, onde orientou a produção de 32 filmes ambientais entre os alunos da região. 

Serviço
Semana do Audiovisual Cearense. Acesso: pelo site do Cineteatro São Luiz e no canal do Youtube do equipamento. Acesso gratuito.

Programação

Quinta (15), às 20h
Exibição de "Dona Ciça do Barro Cru" - Jefferson de Albuquerque Jr (1979, 10min)

Legenda: Trecho de "Músicos camponeses"
Foto: Reprodução

Quinta (22), às 20h
Exibição de "Músicos Camponeses" - Jefferson de Albuquerque Jr (1984, 14min) 

Quinta (29), às 20h
Exibição de "Patativa do Assaré - um poeta do povo" (1985, 17min)