Breve passeio pela cultura e o comércio de Miami

Ter poucas horas para curtir Miami, na Flórida, me fez buscar percursos próximos e agradáveis. Passei por um famoso centro de compras e depois enchi os olhos com a galeria de grafite aberta ao público

Foto: FOTO: Brabara Câmara

Ninguém se senta diante do computador, ou com o telefone em mãos, para planejar uma viagem de apenas um dia. Menos ainda para um país estrangeiro. As poucas horas disponíveis para tentar absorver parte do que uma cidade desconhecida tem a oferecer podem ser a única opção para quem se vê em um limbo de tempo livre entre um voo de chegada, um evento de trabalho e um voo de partida. Essa foi a minha realidade em Miami, na Flórida, o "estado da luz do sol" segundo os próprios estadunidenses. Nesse caso, a máxima do "carpe diem" se encaixou perfeitamente.

Perguntar a um guia o que fazer em uma noite e uma manhã na metrópole turística pode ser frustrante. A lista infindável de atividades e de locais para conhecer é tentadora, mas só até que a realidade do tempo curto te puxe de volta dos roteiros montados na imaginação. Após uma pesquisa rápida, selecionei dois lugares que pareciam balancear os eixos de quase toda viagem: cultura e comércio.

Legenda: Uma parede inteira da exibição do Wynwood Walls & Arts District foi dedicada ao mural feito em conjunto pelos artistas Fluke, Zek, Dodo Osé e Ankh One
Foto: FOTO: Barbara Câmara

Durante a noite, período que veio primeiro em minha "agenda livre", me dirigi ao Bayside Marketplace, um centro comercial de dois andares ao ar livre, situado ao lado da baía de Biscayne. Por sua ala principal, um corredor extenso, ladeado por lojas dos mais diversos artigos, oferece espaço para caminhadas e para encontrar serviços - como salões de beleza. Mais de dez nações são representadas por suas respectivas bandeiras, hasteadas no teto da cobertura que guarda o corredor.

Restaurantes e unidades de fast food predominam no andar superior, que também dá acesso a um estacionamento. Devido ao valor fixo de 25 dólares para ocupar uma vaga no centro comercial, muitos clientes optam pelos estacionamentos de rua, que ficam a menos de 10 minutos de caminhada do Bayside Marketplace. Lá é possível encontrar tarifas mais baixas, determinadas por tempo de permanência.

Legenda: Vista no pier do Bayside Marketeplace
Foto: FOTO: Barbara Câmara

Mais próximo à beira da baía, um pequeno palco com arquibancada compõe o espaço dedicado a apresentações musicais ao vivo e gratuitas. Atrás da arquibancada, em uma área elevada, as mesas de quiosques dispostas ao ar livre também permitem desfrutar dos shows sob outra perspectiva, com o bônus da vista para a laguna e os iates espalhados por ela. Um estande montado a poucos metros do palco disponibiliza o agendamento de passeios de barco, saindo da baía. A programação remete ao passeio ideal em família.

Festival de cores

Não tão distante do Centro de Miami, o Wynwood Walls & Arts District é único à sua própria maneira. A galeria de obras de grafite a céu aberto se destaca em meio às construções cinzentas dos bairros vizinhos. De fato, todas as lojas e restaurantes que cercam os corredores da exposição têm sua própria pintura única, mesclando cores que, sem falha, prendem a atenção de quem caminha pelas calçadas.

Legenda: O mural criado em 2016 pelo artista chileno Dasic Fernandez brinca com cores e a realidade
Foto: FOTO: Barbara Câmara

As obras expostas nas paredes internas e externas da galeria compõem a ala "Walls", e podem ser vistas até por quem passa de carro nas ruas do distrito. Lá estão reunidos grafites de artistas como o chileno Dasic Fernandez, os norte-americanos Ron English e Audrey Kawasaki, e o norueguês Martin Whatson. O Brasil também tem representação no Wynwood, com obras dos conterrâneos Otavio e Gustavo Pandolfo - conhecidos como 'Os Gêmeos' - e Eduardo Kobra. O acesso à exposição é gratuito.

Legenda: Releituras de personagens da cultura pop e cores com tons em neon são o foco das pinturas do artista estadunidense Ron English
Foto: FOTO: Barbara Câmara

Próximo à galeria, o Wynwood Kitchen & Bar é um restaurante espaçoso que mantém o conceito ilustrativo e colorido da área, com obras de arte em cada cômodo. A decoração interna abriga quadros futuristas e abstratos, além de ilustrações de artistas que também estão na galeria. O cardápio apresenta pratos feitos com influências da culinária latina, bem como cervejas artesanais e um extenso catálogo de vinhos internacionais.

Legenda: Muito além do sol, do clima quente e das opções de compras, Miami colore a paisagem com seus imensos grafites
Foto: FOTO: Barbara Câmara

Seja nos centros comerciais ou nos quarteirões de arte alternativa, Miami é diversa e expansiva, e poucas horas em suas ruas já são um convite a tentar ser da mesma forma. O inglês mescla-se ao espanhol constantemente na fala de seus habitantes, e a estranheza causada a um interlocutor brasileiro vem acompanhada de certa familiaridade: essa é a dualidade que caracteriza a cidade, instigando o visitante com pouco tempo a planejar seu retorno com esmero.

Foto: FOTO: Barbara Câmara

Roteiro

Compras Bayside Marketplace: 401 Biscayne Boulevard.Horários de funcionamento: 10h às 22h (de segunda a quinta); 10h às 23h (sexta e sábado); 10h às 21h (domingo) ARTE Wynwood Walls & Art District: 2520 NW 2nd Avenue Horários de funcionamento: 10h30 às 23h30 (de segunda a quinta); 10h30 à 0h (sexta e sábado); 10h30 às 20h (domingo) BAR Para reservar uma mesa no Wynwood Kitchen & Bar, acesse: http://www.Opentable.Com/wynwood-kitchen-and-bar-reservations-miami?rid=57418&restref=57418 Variação de preço: pratos de R$ 31,42 a R$ 255,29

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?