Amizade e solidariedade fortalecem a festa de Carnaval no Benfica

Fantasias criativas, distribuição de água e até bancos para sentar marcam o quarto dia de folia na Praça da Gentilândia

Legenda: Foliões capricham nas fantasias no Carnaval do Benfica.
Foto: José Leomar

Nem o Sol ardente impediu os foliões de brincarem nesta segunda (24) de Carnaval. Na Praça da Gentilândia, o público começou a se aglomerar a partir do meio dia para assistir o Bloco Hospício Cultural, que abriu a festa do polo carnavalesco com seu novo hino, inspirado na ligação entre a culinária maranhense e cearense.

Ao som de "Meu bem, que espécie de doce você trouxe de lá/ é um doce de espécie/ não esquece de trazer umbu-cajá", do Bloco Hospício Cultural, os foliões dançaram bastante e  capricharam nas fantasias à espera das demais atrações do dia. Ao longo do dia, se apresentam também o  Luxo da Aldeia, Ercília Lima, Lidia Maria, Os Alfazemas, Maracatu Solar e Orquestra Solar dos Tambores. 

Na praça, os casais aproveitaram o período carnavalesco para combinar os looks na hora da caracterização. Casados há 1 ano, Victor Bezerra e Júnior Oliveira curtiram a folia fantasiados de líderes de torcida. Os dois escolheram brincar o Carnaval no  Benfica por conta dos horários das apresentações, já que pretendem aproveitar ainda nesta segunda-feira, os shows no Aterrinho da Praia de Iracema. 

Legenda: O casal se fantasiou de líderes de torcida para brincar o Carnaval do Benfica.
Foto: José Leomar

A combinação de fantasias também está presente entre grupos de amigos, desde a confecção das peças até o momento de usar. Mariele Cruz aplica seus conhecimentos de costura que aprendeu com a mãe para produzir suas próprias fantasias e as dos colegas. Durante o ciclo carnavalesco, a administradora se inspirou em mulheres fortes na hora da caracterização. No dia de hoje, a personagem escolhida foi Arlequina, do filme “Aves de Rapina".

Legenda: Mariele produziu a sua fantasia de Arlequina e a caracterização de noiva de seu amigo, Paulo Botafogo.
Foto: José Leomar

A capixaba Caroline Magalhães veio à Fortaleza para comemorar seu aniversário durante o ciclo carnavalesco da cidade. A professora acredita que o Carnaval é resistência e um período para denunciar aquilo que a incomoda no cotidiano. Fantasiada de “Porteira do Paulo Guedes”, a capixaba optou por uma caracterização que realizasse uma crítica ao Ministro da Economia. 

Legenda: Caroline se fantasiou de "Porteira do Paulo Guedes" para curtir o Carnaval do Benfica.
Foto: José Leomar

Solidariedade

E no meio do Carnaval também tem solidariedade. O Bloco da Lu, como é conhecida Luciana Castelo, distribui água gratuitamente e oferece cadeiras para os foliões da Praça da Gentilândia há 10 anos. "A gente monta essa mesinha para aqueles que estão cansados. Tem um banquinho para sentar e tem algo para beber ", contou. 

Legenda: O Bloco da Lu atua há 10 anos na Praça da Gentilândia.
Foto: José Leomar

A iniciativa surgiu do interesse de Luciana em preservar a cultura e o Carnaval do bairro. “Acho que se toda a comunidade se unir em prol disso, a gente consegue manter o Carnaval do Benfica com harmonia para a população, os ambulantes, os donos de bares e com quem fomenta a cultura no bairro", diz. 

A folia no Benfica continua no último dia de Carnaval a partir do meio dia. Nesta terça (25), Hospício Cultural retorna aos palcos da Praça da Gentilândia junto com  Pingo de Fortaleza,Calé Alencar, Jean Dumont, Anderson Monteiro, Chambinho do Acordeon  e Preto e Café.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?