Projeto solidário oferta atendimento psicológico e psiquiátrico gratuito durante a pandemia

Por 90 dias, 20 profissionais atuarão, via teleconsulta, para minimizar efeitos da pandemia na população

atendimento
Legenda: Atendimento foi iniciado na segunda-feira (19)
Foto: Shutterstock

Em contexto de pandemia causada pela Covid-19, uma saúde mental pouco ou extremamente afetada já é realidade para pelo menos 53% dos brasileiros, de acordo com uma pesquisa do Ipsos encomendada pelo Fórum Econômico Mundial e cedida à BBC News Brasil.

No intuito de minimizar os impactos ocasionados pelos sentimentos mais comuns durante a crise, como o pânico, a ansiedade e o luto, o Projeto “Amar.Elo Solidário”, do Hospital Nosso Lar, passou a oferecer, desde a última segunda-feira (19), 90 dias de atendimento gratuito com psiquiatras e psicólogos.

Com o cadastro realizado, o paciente tem até seis consultas de psicologia e até três de psiquiatria durante três meses, via plataforma de teleconsulta. Ao todo, o projeto envolve 20 profissionais entre médicos psiquiatras e psicólogos que estarão disponíveis para auxiliar o paciente, de 8h às 20h, de segunda a segunda.

Contribuição social

“Com a piora da pandemia, a gente percebeu que precisávamos dar a nossa contribuição social para ajudar todo mundo que se sinta afetado nesse período: com luto, depressão, ansiedade ou qualquer outro sintoma que estejam enfrentando de adoecimento mental nessa época”, pontua a coordenadora técnica do projeto e psicóloga, Lorena Soares.

A equipe, segundo Lorena, está preparada para receber até 60 atendimentos por dia, podendo chegar a 5.400 nos 90 dias, “sendo que uma pessoa poderá ter até seis atendimentos neste período de 90 dias”. Pensando no esgotamento das vagas, a profissional garante que estas serão disponibilizadas toda semana, “para que todos possam participar”.

Além dos atendimentos, o projeto realizará lives semanais com os profissionais. Ainda durante o período dos 90 dias, serão disponibilizados materiais educativos, como e-books que abordam: luto, depressão, ansiedade e o transtorno TEPT.

Amar.Elo

O Amar.Elo foi criado em meio à pandemia, em 2020, com o propósito de atender a população de maneira gratuita e virtual. O projeto é um produto do Hospital Nosso Lar, instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que atua há 52 anos com internações de pacientes com doença e sofrimento mental, internações pelo SUS, particular e convênios.

Passado o período de 90 dias do Projeto Solidário, a ideia do Amar.Elo é continuar com o atendimento social. “A gente vai avaliar se a gente consegue manter a dinâmica do solidário ou não, com todos os profissionais envolvidos. Mas, a nossa ideia é sempre ter um viés social dentro do Amar.Elo”, diz a psicóloga Lorena. 

O agendamento de consultas pode ser feito pela plataforma online e as lives podem ser acompanhadas pelo instagram.

Quero receber conteúdos exclusivos do Dias Melhores