Sarau virtual será realizado no Museu da Cultura Cearense em comemoração ao Dia da Consciência Negra

O coletivo Sarau da B1 vai apresentar uma série de produções nesta sexta (20), às 16h, com transmissão pelo canal do Centro Dragão do Mar no You Tube

Legenda: DJ Profeta, Sabrina, Carlos Melo e Viviane integram a programação do sarau no Museu da Cultura Cearense
Foto: Divulgação

O Museu da Cultura Cearense também vai celebrar o Dia da Consciência Negra, com a realização da apresentação do sarau virtual do coletivo Sarau da B1. O evento acontece nesta sexta (20), às 16h, e será transmitido, com acesso gratuito, pelo canal do Centro Dragão do Mar no Youtube. Viviane Siade, Sabrina Morais, Carlos Melo e o DJ Profeta se apresentam, celebrando a criação dos artistas pretos e a poética das periferias urbanas. 

O sarau foi organizado, lembrando, em protesto, das manifestações recentes de racismo no Brasil e pelo mundo. O Sarau da B1 foi criado pelo grupo Poetas de Lugar Nenhum, e costuma acontecer na pracinha da B1 no Conjunto São Cristóvão, no bairro do Jangurussu. Esta é a 60ª edição do encontro que, tradicionalmente, reúne poesia, música, teatro, capoeira e sorteio de livros. 

Neste dia da Consciência Negra, o sarau traz o repertório criativo de Viviane Siade, fotojornalista paraense, produtora cultural e "arteira". Ela coordena a biblioteca comunitária da Filó e integra o grupo Batuque de Mulheres. Sabrina Morais é poeta, produtora cultural, atriz e performer. Escritora de temas íntimos, ela faz parte do coletivo de artistas negras "Sarau das Pretas - Pretarau!". 

Carlos Melo se autodenomina poeta marginalizado, é estudante de Filosofia e agitador cultural. E o DJ Profeta também é produtor, e participou de apresentações de diversos artistas, como Isabel Gueixa e Impacto Feminino. Ele ainda é coordenador e idealizador da biblioteca comunitária da Filó. 

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?