Sanfoneiros são destaques no último domingo do Programa São João do Ceará Solidário Dendi Casa

Renno, Sirano e Waldonys marcam presença, neste domino (28), no último do São João do Ceará Solidário Dendi Casa. Programa terá também participação feminina de Samyra Show e Taty Girl. O especial junino do Sistema Verdes Mares será transmitido pela TV Diário, FM 93 e plataformas digitais do SVM, a partir das 18 horas

renno
Legenda: Neste ano de 2020, Renno é autor da música-tema do especial junino do SVM: “Vai Ter São João”
Foto: Kalebe Oliveira

Neste ano, o som da sanfona deixou de tocar em praças públicas para invadir os aparelhos de TVs, rádios e smartphones durante o São João do Ceará Solidário Dendi Casa. Os arranjos do instrumento musical, acrescidos de vozes de diferentes gerações — do forró raiz ao eletrônico — ganharam multiplataformas nos veículos do Sistema Verdes Mares (SVM). 

Milhares de telespectadores e internautas dançaram, sorriram e comemoram as tradições juninas em casa. Neste domingo (28), último dia de transmissão do especial junino, cinco atrações estão confirmadas na programação, incluindo importantes sanfoneiros da cena nordestina:  Renno, Waldonys e Sirano.

Presente no repertório das atrações do São João do Ceará Solidário Dendi Casa, a sanfona ganhou acompanhamentos de novos tons com o forró eletrônico. Renno, nome forte nacionalmente no cenário das composições, é um dos cantores que leva no peito o peso do instrumento. A música entrou na vida do forrozeiro aos oito anos de idade. O primeiro acordeon foi comprado mesmo sem ele saber tocar. O cearense tinha domínio do teclado e piano, mas queria entrar de cabeça na música regional. 

“Sempre fui um apaixonado pela música regional. Achava que só piano e teclado não eram suficiente para mim. Queria me aprofundar naquilo de mais regional, o que eu vivia de perto. Comprei uma sanfona sem saber tocar. E passei uns seis meses estudando até fazer o meu primeiro show”, explica Renno. 

O desejo em aperfeiçoar o dom com a sanfona incentivou Renno a ingressar em uma faculdade de música. Do erudito ao popular, ele acredita que o mundo acadêmico nutriu ainda mais o desejo de levar o som do instrumento por todo o País. “Consegui aprender a história da música brasileira. Ganhei amizades que me levaram a estudar com mais força. Vivi uma realidade que não tinha passado enquanto autodidata”. 

Feliz em ser uma das atrações do último programa do São João do Ceará Solidário Dendi Casa, Renno também foi convidado para fazer a música tema do especial junino do SVM — a canção “Vai Ter São João”. 

"Saudade do milho verde, da fogueira de São João. Das bandeiras dançando ao vento”, diz a música tema do evento. “Sou muito grato pelo que a vida e a música me deram”, ressalta Renno.

Veteranos

Discípulo dos ensinamentos de Luiz Gonzaga e Dominguinhos, o cantor e sanfoneiro Waldonys é um dos nomes mais aclamados pelo público que curte o ‘forró raiz’ no Nordeste. A tradição da sanfona é passada para uma nova geração na casa do forrozeiro. Luciano Moreno, um dos filhos do cearense, é herdeiro musical do pai. O jovem até começou a investir em vídeos covers nos últimos meses.

Waldonys
Legenda: Waldonys é discípulo dos ensinamentos de Luiz Gonzaga e Dominguinhos
Foto: Kalebe Oliveira
 

Na playlist musical do São João do Ceará Solidário Dendi Casa, o sanfoneiro conta que terá grandes interpretações.

“Preparei um repertório com letras que fazem parte da minha história e que o público cobra muito”, revela Waldonys.

Nome frequente nos programas de entretenimento e também no jornalismo do SVM, Waldonys destaca a importância do São João do Ceará Solidário Dendi Casa para o fortalecimento das tradições nordestinas.

“Depois que o SVM abraçou o período com esse projeto, houve um avanço. O Ceará é o berço de grandes bandas. A capital cearense ganhou uma moral no Nordeste com esse projeto”.

Com carreira consolidada desde os anos 1980, Sirano também participará do especial junino. O jeito irreverente de fazer forró, por meio da sanfona, será partilhado com o herdeiro musical Siranim, filho de Sirano, e o parceiro Sirino. 

trio
Legenda: O sanfoneiro Sirano, com Sirino e Siranim, forma o trio que se apresentará neste domingo
Foto: Kalebe Oliveira

As mulheres também terão voz na festa de São João do SVM. Taty Girl e Samyra Show levam sucessos do forró eletrônico na transmissão. 

Especial junino atinge diferentes públicos

O São João do Ceará Solidário Dendi Casa contou com transmissões de programas, com seis horas de duração cada, nos dias 7, 14 e 21 de junho. Neste domingo (28), com a última edição, somará 24 horas de festa junina com exibição pela TV Diário, rádio FM 93 e plataformas digitais. O especial é um marco na programação de cultura e entretenimento do Sistema Verdes Mares (SVM).

samyra show
Legenda: Natural de Juazeiro do Norte (CE), a cantora Samyra Show é uma das cinco atrações do último programa da festa junina promovida pelo SVM.
Foto: Thiago Gadelha

Erick Picanço, diretor comercial e marketing do SVM, afirma que o especial junino integrado pelos veículos do grupo de comunicação gerou um retorno expressivo de audiência e comercial.

“Nos estávamos trabalhando na perspectivas de uma transmissão pela TV, quando houve o boom das lives. De pronto, baseado em tecnologias que já usamos, também englobamos as plataformas digitais. Temos expectativa de repetir as transmissões virtuais em outras ocasiões. Outro ponto importante foi o entretenimento familiar presente fortemente em nossos conteúdos”, explica o gestor. 

O sentimento de sucesso também é compartilhado por Fábio Ambrósio, diretor de programação do SVM.

“As expectativas foram atingidas completamente. Fizemos uma ação diferente. Reinventamos e fortalecemos o significado de um evento que fazemos anualmente. Conseguimos atingir diferentes públicos”. 

Uma das novidades do especial junino deste ano, além de contar com as transmissões pelas web, foi a interpretação de músicas na Língua Brasileira de Sinais (Libras). O São João do Ceará Solidário Dendi Casa ainda englobou diversas nichos do mundo do São João. As quadrilhas, os cantores de forró que vivem no Ceará, a participação de humoristas e até quadros pensados para crianças foram inseridos na programação do especial junino. 

Outro destaque, do cenário do palco até a programação, é o artesão Espedito Seleiro. Um documentário sobre a vida do cearense, residente em Nova Olinda, está senso apresentado em quatro episódios. 

 

Solidariedade: apoio à Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza

O São João do Ceará Solidário Dendi Casa também foi criado com a missão de ajudar os que mais precisam durante a pandemia do coronavírus. Além de manter vivas as tradições culturais, tem como objetivo mobilizar a população em apoio à Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza

Para contribuir com a ação solidária não é preciso efetuar doação em dinheiro, o interessado precisa apenas fazer um cadastro pessoal no site da campanha www.saojoaodocearasolidario.com.br. 
Durante a transmissão um QR Code estará disponível na tela da TV. Para acessar o site da campanha solidária, basta apontar a câmera do celular para o código que aparecerá.

A ação busca reunir 300 mil apoiadores para desbloquear a doação que contribuirá com a reforma da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. Os participantes apoiadores da mobilização além de ser citados em um caderno especial do Diário do Nordeste, também terão seus nomes na placa de homenageados que será instalada na Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, após a reforma.

 

Programação

SÃO JOÃO DO CEARÁ SOLIDÁRIO DENDI CASA – SVM 

DOMINGO (28 DE JUNHO)


TV Diário, FM 93 e plataformas 
digitais do SVM 
Horário: a partir de 18 horas 

SHOWS
Renno
Samyra Show
Sirano, Sirino e Siranim
Taty Girl
Waldonys

QUADROS 

Meu coração junino 
Fábio Carneirinho 

Quadrilhas juninas
Ceará Junino e Luar do sertão

Nova Safra 
A Loba, Éric Land
Kbra da peste e Heloisa Ribeiro

Causos e comédias 
Gil Soares + Bené Barbosa Papudim

Especial Espedito Seleiro 
Episódio 4 – Ganhando o mundo