Projeto terapêutico completa seis anos atendendo comunidades carentes

Espaço “Teia de Gente”, formado por terapeutas voluntários vinculados a associações comunitárias, implementou neste período de isolamento a escuta ativa por meio virtual

atendimento terapeutico
Legenda: A dona de casa Isnadia dos Santos, de 29 anos, reside na comunidade de Gangorra, em Limoeiro do Norte, e não precisou sair de casa para ter um momento de desconectar-se das obrigações e olhar para si, mesmo que olhando para a tela do celular veja o outro

Das várias formas de cuidar de si, e do outro, falar e escutar é uma delas. Não é sobre ter um amigo, mas sobre ter um ouvido atento para o exercício da fala do outro. É sobre sentar, deixar que a boca fale, em nome do corpo. E dali poder sair aliviado, encontrando caminhos. Há seis anos, terapeutas comunitários aguçam os sentidos e fazem trabalho em comunidades do Interior que, de outro modo, dificilmente pessoas carentes teriam acesso a terapias. O Espaço Terapêutico Teia de Gente, em Limoeiro do Norte, completa seis anos de atuação na região jaguaribana.

Oferecendo recursos como Terapia Comunitária Integrativa, Reiki, Thetahealing e Constelação Familiar, o grupo de especialistas vinculados a associações comunitárias tem feito a diferença para famílias carentes a partir do acolhimento da palavra. “É um momento muito importante, porque faz eu refletir sobre tudo o que está acontecendo na minha vida”.

A dona de casa Isnadia dos Santos, de 29 anos, reside na comunidade de Gangorra, em Limoeiro do Norte, e não precisou sair de casa para ter um momento de desconectar-se das obrigações e olhar para si, mesmo que olhando para a tela do celular veja o outro. Isso porque, em plena pandemia e a necessidade do isolamento social, o Espaço Teia de Gente se percebeu maior do que já era, e teve início o atendimento on line.

A chamada ao telefone se torna, em verdade, um chamamento para dentro de si. As escutadoras sugerem que o escutado volte atenção para o seu corpo, sua vitalidade, e se observe a partir da própria respiração; o convite seguinte é para que fale o que vem deixando intranquilo. Peça reflexão da escuta, e com as referências teóricas, as terapeutas contribuem para indicar caminhos. “É muito bom ter alguém que nos escuta”, reflete Isnadia.

“O importante mesmo é o ato de escutar. Escutar o corpo todo, com o olho, o ouvido, a pele, principalmente vincular o coração. Os escutadores fazem esse procedimento, depois sentamos, avaliamos, e as pessoas sempre vem dando retorno muito positivo, do que melhorou em suas vidas a partir da fala”, explica a terapeuta Neidinha Azevedo, idealizadora do Espaço Teia de Gente. Um sonho compartilhado, e concretizado, com os também terapeutas Lindon Johnson, Ovilane Costa, Leide Carla e Mariana Costa.

Voluntárias

Teia de Gente é vinculado às associações comunitárias Unidos para o Progresso e Projeto Paz e União, ambas há décadas com atividades voluntárias para o desenvolvimento social das comunidades. As mais de 50 sessões virtuais implementados somente mês de agosto atenderam jovens das associações Futuro da Criança (Jaguaruana), Sociedade Nova Esperança (Russas) e Associação para o Progresso Infantil (Morada Nova).

As comemorações pelos seis anos do Espaço Terapêutico Teia de Gente ocorrem a partir deste sábado (19), até o dia 24 de setembro. Hoje, uma 'live' celebrativa acontece às 18h30 no canal da Associação Unidos para o Progresso, no Youtube, com participação do cantor Gil Tony. Serão seis dias de programação, que ainda inclui encontros temáticos e rodas de terapia. No dia 24, o psicólogo Júnior Costa abordará, em live, a prevenção ao suicídio. No manhã seguinte, 25, tem início o Dia D da escuta ativa, plena e qualificada.

 

Mais Informações

Espaço Terapêutico Teia de Gente - Limoeiro do Norte

(88)9.99537678

(88)9.9931.6639

(88)9.9797.0410

Quero receber conteúdos exclusivos do Dias Melhores