Marcius Melhem entra com ação de indenização de R$200 mil contra Dani Calabresa

O ex-diretor nega as acusações de assédio sexual contra a humorista em uma festa no fim de 2017

Esta é uma montagem de fotos de Marcius Melhem e Dani Calabresa
Legenda: Marcius Melhem entra com ação judicial de indenização contra Dani Calabresa
Foto: Reprodução

Marcius Melhem entrou com uma ação de indenização contra a humorista Dani Calabresa, protocolada na última quinta-feira (14) na Vara Civil de São Paulo. No processo, o ex-diretor apresenta mensagens de áudio e texto que comprovariam, de acordo com ele, a relação de intimidade entre os dois de 2017 a 2019. As informações são do colunista Maurício Stycer do Uol. 

A ação solicita uma indenização de R$200 mil, além do ressarcimento de R$46.400,00, referente ao custo do tratamento psiquiátrico/psicoterápico realizado por Marcius Melhem entre fevereiro e dezembro de 2020 devido ao "grave sofrimento moral e psíquico" sofrido pelo ex-diretor por conta dos desdobramentos do processo. Ele também pede uma retratação pública da humorista.

O processo busca comprovar que as acusações de assédio sexual realizadas por Dani Calabresa contra Marcius Melhem são incompatíveis com a relação entre os dois. "O tom jocoso e íntimo era constante no tratamento entre ambos. Entre autor e ré eram comuns as brincadeiras, inclusive de natureza sexual. Mas nada aí havia de constrangedor, abusivo ou imposto", afirma a ação.

O ex-diretor também nega as acusações de assédio sexual e violência contra Dani Calabresa durante uma festa em novembro de 2017. Segundo Melhem, os dois trocaram beijos e carinhos, de modo consensual. Ainda de acordo com ele, na festa ele também beijou uma amiga convidada por Calabresa, a qual não foi mencionada pela reportagem da Revista Piauí. 

"Ora, fosse verdade o veiculado na Piauí, não seguiria a ré requisitando conselhos pessoais e profissionais ao autor. Fosse verdade, não teria a ré encaminhado dezenas de áudios carinhosos ao autor, enaltecendo-o nos âmbitos pessoal e profissional. Fosse verdade, não teria enviado áudios e mensagens para comentar e divertir-se com situações inusitadas por ela vivenciadas", escreveu o advogado de Melhem. 

No fim do ano passado, advogadas de Dani Calabresa e de outras funcionárias da Globo entraram com uma ação no Ministério Público para investigar Melhem. Na ocasião, as advogadas prometeram ainda processar o ex-diretor por ter divulgado áudios de uma conversa com a humorista. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?