Escolas de samba adiam desfiles do Carnaval 2021 no Rio de Janeiro

A decisão foi tomada pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) e ainda não há uma data definida para a realização do evento

Desfiles
Legenda: Devido à pandemia, os trabalhos nos barracões das escolas de samba ainda não começaram
Foto: Roberta Souza

A edição de 2021 do tradicional desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro foi adiada. De acordo com informações do G1, a decisão foi tomada na noite desta quinta-feira (24) pela Liga Independente das Escolas de Samba do estado (Liesa).

Não foi definida uma data nova para os desfiles. Jorge Castanheira, presidente da Liesa, declarou que qualquer avaliação de nova data depende da marcação de uma campanha de vacinação contra a Covid-19. Jorge foi questionado se o desfile poderia ser em junho, porém, ele disse que é uma possibilidade.

"Em função de toda essa insegurança, essa instabilidade em relação à área da ciência, de não saber se lá em fevereiro vamos ter ou não a vacina, chegamos à conclusão que esse processo tem que ser adiado", declarou Castanheira.

Devido às medidas de biossegurança adotadas contra a propagação do coronavírus, os trabalhos nos barracões das escolas de samba sequer tiveram início. Com isto, a realização dos desfiles em fevereiro seria inviável.

"Estamos aqui aguardando a avaliação de alguns estudos que foram apresentados aqui para que a gente dê condições. As escolas estão trabalhando seus enredos, tem possibilidades de trabalhar alternativamente as escolhas de sambas enredo. Tudo está sendo avaliado para poder dar sequência para a preparação de um futuro espetáculo, seja ele no formato tradicional ou seja ele uma alternativa a esse modelo de desfile nosso", complementou o presidente da Liesa.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?