Estética cresce como aliada do emagrecimento

Clínicas e profissionais do setor oferecem vários pacotes e tipos de tratamentos para ajudar na perda de peso

Escrito por Redação,

Negócios
Legenda: Para quem está iniciando um cuidado maior com o corpo, a esteticista Luciana Esteves indica a drenagem linfática, tratamento que possui poucas contraindicações e ajuda a reduzir as medidas
Foto: Foto: Fabiane de Paula

Além de cuidar da alimentação e deixar o sedentarismos de lado, optando pela prática esportiva, algumas pessoas recorrem a tratamentos estéticos para obter um resultado mais rápido e eficaz. Clínicas especializadas são uma opção, mas também existem profissionais que atendem em domicílio para facilitar o corre-corre do dia a dia.

LEIA MAIS 

.Prepare o bolso para investir nas despesas com a dieta

.Trocas reduzem custo da alimentação equilibrada

.Maior variedade de itens não dispensa pesquisa de preços

.Optar por produtos da estação alivia gastos

.Indústria se adapta aos novos hábitos

Há quatro meses, a operadora de logística Mikaela Pedrosa, 34, tomou a decisão de ter uma vida mais saudável e já conseguiu eliminar 15 quilos. Entre as mudanças que vieram junto com o novo estilo de vida, uma alimentação mais saudável, caminhadas, passeios de bicicletas e tratamentos estéticos. Para não fugir muito do orçamento, tentou equilibrar as despesas com a alimentação e manter o orçamento em torno de R$ 450 por mês. "Ao invés de gastar R$ 25 comprando uma pizza, compro frutas e verduras. Não senti muita diferença", informa.

Dieta

A operadora de logística eliminou tudo aquilo relacionado a refrigerante, açúcar e massas e incluiu em abundância frutas, verduras, refeições de três em três horas e muito líquido.

Em relação aos gastos extras que teve como a "nova vida" aderiu ao programa de bicicleta coletiva e contratou o plano de R$ 60 por ano e está fazendo tratamentos corporais estéticos.

"Já fiz um pacote (de cuidados estéticos) de R$ 1.200 para eliminar as toxinas e gorduras e estou no segundo, de R$ 600, com drenagem, gessoterapia e massagem modeladora", conta. Ela destaca que o investimento vale a pena, pois ressaltou sua vaidade e elevou a autoestima.

Cuidados

A esteticista Luciana Esteves indica para quem está iniciando um cuidado maior com o corpo a drenagem linfática, que grande parte das pessoas pode fazer com poucas contraindicações. A ação elimina líquidos, toxinas e edemas, popularmente conhecido por inchaço, aumenta a imunidade e melhora ainda o fibro edema gelóide (FEG), as indesejáveis celulites.

"Como a pessoa está iniciando, a drenagem é uma ótima opção para a diminuir o inchaço para conseguir reduzir as medidas posteriormente. Vale lembrar que ela não atua na gordura, apenas na liberação dos líquidos e toxinas", explica.

Esteves ainda reforça a necessidade de uma avaliação física antes de começar o atendimento corporal para sinalizar o melhor tratamento. O pacote com dez sessões de drenagem, recomenda-se duas sessões por semana, sai a R$ 600 e pode ser parcelado em até três vezes no cartão. (CK)