Projeto oferece atendimento psicológico e psiquiátrico gratuito

O atendimento é recomendado principalmente para quem sofre com os efeitos da pandemia

Foto: Divulgação

O projeto “Amar.Elo Solidário”, criado em parceria com o Hospital Nosso Lar, promove, durante 90 dias, assistência psicológica e psiquiátrica gratuita por meio de chamada de vídeo. A proposta é amenizar os danos causados à saúde mental da população por causa da pandemia do novo coronavírus.

As inscrições podem ser feitas no site e já contam com mais de mil participações. Após efetuar o cadastro, os assistidos terão direito a seis consultas de psicologia e três consultas de psiquiatria durante três meses. 

A percepção do aumento de casos de transtorno de ansiedade e depressão foram o ponto de partida para a criação do projeto “Amar.Elo Solidário”, no ano passado. O atendimento é recomendado principalmente para quem sofre com os efeitos psicológicos da pandemia ou que já tenha diagnósticos prévios. 

“De uma maneira continuada, de mais de um ano nesse processo, junto com o isolamento social, a quebra da rotina diária das pessoas, aumentou os índices de depressão e ansiedade", relata Ticiana Macedo, médica psiquiatra, diretora geral do Hospital Nosso Lar e diretora técnica do projeto.

Habitualmente, tristeza, angústia, tensão, medo, quando começam a tomar conta da maior parte do dia da pessoa, é que a gente começa a se preocupar e indica que essa pessoa comece a assistência”
Ticiana Macedo
Médica psiquiatra, diretora geral do Hospital Nosso Lar

Os atendimentos acontecem por uma plataforma específica da iniciativa, que garante a segurança das consultas. O link será enviado no endereço de e-mail informado durante o cadastro. Serão disponibilizados 20 profissionais, entre psicólogos e psiquiatras, para realizar as assistências de 8h às 20h diariamente. Caso haja necessidade de continuar o tratamento ao final dos 90 dias, o paciente será encaminhado para outra unidade.

Outras plataformas  

Além dos atendimentos, o projeto realiza lives semanais com profissionais no Instagram. Os horários são variados, e por isso, devem ser consultados com antecedência. Também foi disponibilizado um e-book gratuito sobre saúde mental.

“O e-book foi uma maneira que a gente encontrou de tentar humanizar mais as doenças mentais, de trazer uma mensagem mais cotidiana, mais coloquial, para que as pessoas possam se identificar mais com as pessoas que passam por transtornos mentais. Foi uma maneira que a gente conseguiu fazer um resumo para alcançar mais pessoas”, explica Ticiana. 

Outra plataforma de informação é o “Blog da Elô”, atualizado semanalmente às quintas-feiras. Elô é uma personagem capaz de representar emoções de várias maneiras e, de forma lúdica, compartilha textos, análises de filmes, mais e-books, entre outros conteúdos voltados para a saúde mental.

Mais informações

Projeto Amar.Elo Solidário

Instagram: @amarelosaudemental
Blog da Elô
Baixe e-book sobre Autocompaixão
Marque a sua consulta

Quero receber conteúdos exclusivos do Dias Melhores