Fisioterapeuta emociona ao anunciar extubação de paciente com Covid-19 usando mensagens escritas

O ato humanizado do profissional da saúde repercutiu em redes sociais

Roni Rodrigues mostra mensagem a paciente
Legenda: "Quando eu percebi que o paciente, com essas mensagens, se sentia além do acolhido, ele se sentia protegido, aquela sensação de angústia em mim foi cessando. É uma sensação de dever cumprido”, revela Roni Rodrigues
Foto: Reprodução

As altas taxas de disseminação da Covid-19 têm ocasionado um grande número de hospitalizações que, muitas vezes, levam à intubação de pacientes, um procedimento invasivo, mas necessário. Assim, no intuito de humanizar as práticas hospitalares nesse momento de aflição, o fisioterapeuta intensivista cearense Roni Rodrigues começou a se comunicar com esses pacientes, por mensagens afetivas, para acalmá-los durante a intervenção. 

Na quinta-feira (25), Roni publicou um vídeo nas redes sociais informando uma extubação - retirada do suporte respiratório traqueal - que ocorreu, no dia 22, no Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns Neumann (Hospital da Mulher de Fortaleza).

No vídeo, ao abrir um envelope, Roni traz um recado da “vida” para a paciente, identificada como Regina Pires, de 56 anos, que ficou intubada por dez dias devido à insuficiência respiratória causada pela Covid-19: “Parabéns, Dona Regina! Você venceu mais uma batalha”.

Tratamento humanizado

A prática mais acolhedora, no entanto, não é novidade para a equipe de multiclínica do hospital. No momento da extubação, os profissionais adotaram a prática das mensagens, durante a segunda onda da pandemia no Ceará, principalmente, porque os pacientes costumam ficar mais agitados e ansiosos, o que pode comprometer o procedimento, segundo o fisioterapeuta.

“Nós sempre primamos por um tratamento mais humanizado, oferecendo não só o que o paciente merecia, mas dando carinho e amor. Desde que começou a pandemia, nós transformamos esses momentos na UTI em um momento de maior acolhimento, tratando os pacientes de forma mais amigável, com palavras de incentivo, carinho e músicas”, pontua.

Na linha de frente do combate à Covid-19 em outras duas unidades de saúde da Capital, o fisioterapeuta destaca que a alta é sempre um momento de vitória dentro de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“A Covid trouxe um turbilhão de emoções: estresse, ansiedade e tristeza, principalmente. Isso ocorre com familiares e profissionais da saúde também. Quando eu percebi que o paciente, com essas mensagens, se sentia além do acolhido, ele se sentia protegido, aquela sensação de angústia em mim foi cessando. É uma sensação de dever cumprido”, revela.

Propagação

De acordo com Roni, o vídeo foi postado após um incentivo vindo do filho de uma paciente. Nesta sexta-feira (26), a publicação já bateu mais de 124 mil visualizações na rede. “Eu tenho alguns vídeos já. Ele disse que queria divulgar meu trabalho e deu a dica para que eu também fizesse. Eu realmente decidi publicar, mas sem pretensão”.

“Quando eu estava no plantão, vi várias pessoas dizendo pra eu olhar minhas mensagens e aí eu entendi que tinha viralizado. Não era a intenção, de fato, mas que bom que ele atingiu várias pessoas, causando empatia aos profissionais de saúde nesses tempos”, reflete.

Segundo o IntegraSUS, portal do Governo do Estado voltado à área da saúde, o Ceará está com um índice de ocupação de UTIs de 93,92% nesta sexta-feira (26). A porcentagem é ainda maior em leitos para adultos, chegando a 96,79%.

Quero receber conteúdos exclusivos do Dias Melhores