Professores federais dos ensinos básico e técnico aceitam proposta e encerram greve

Na terça-feira (25), será realizada uma assembleia-geral de forma virtual para definir como vai se dar o retorno das atividades

Escrito por Redação ,
Assembleia do Sinasefe
Legenda: A deliberação aconteceu neste sábado (22)
Foto: Divulgação / Sinasefe

Os professores do ensino básico, técnico e tecnológico dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFEs) aceitaram a proposta do Governo Federal e decidiram encerrar a greve. A deliberação ocorreu no sábado (22), com 89 votos a favor, 15 contrários e 6 abstenções.

Conforme publicação nas redes sociais do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) na terça-feira (18), a base do Sinasefe IFEs aceitou em assembleia gera as propostas do Governo para as carreiras de docentes e Técnico-administrativos em Educação (TAEs) e decidiu encerrar a greve. 

Veja também

Após os encaminhamentos nacionais, será realizada na terça-feira (25) uma assembleia-geral de forma virtual para definir como vai se dar o retorno às atividades. O entendimento da base, segundo o Sinasefe, foi que as propostas poderiam ser melhores, mas a deliberação foi pelo aceite das propostas do Governo Federal.

Proposta do Governo

De acordo com o Sinasefe o único avanço significativo foi para a Carreira TAE e a recomposição salarial ficou da seguinte forma: 

  • 9% em janeiro de 2025;
  • 5% em abril de 2026;
  • Elevação dos steps de 3,9% para 4,0% em janeiro de 2025 e de 4,0% para 4,1% em abril de 2026;

Já para a Carreira Docente, explica, não foram feitos avanços nas pautas salariais, tendo o Governo avançado nas pautas não salariais.

A proposta de reajuste é então: 

  • 9% em janeiro de 2025;
  • 3,5% em maio de 2026;
  • Reestruturação na progressão entre os diferentes níveis das carreiras.

Situação no Ceará

No Ceará, os professores e técnicos administrativos do Instituto Federal do Ceará (IFCE) realizaram assembleia na quarta-feira (19) e aceitaram as propostas do Governo. 

A greve só será encerrada após a assinatura de um termo de acordo contendo todos os itens das propostas, entre o Sinasefe e o Governo Federal. O movimento grevista do IFCE começou em 11 de abril, após deliberação de servidores, docentes e técnicos no dia 5 de abril.

Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.
Assuntos Relacionados