Fortaleza registra mês com menor letalidade por Covid desde o início da pandemia, anuncia Sarto

Dado se refere a abril. Em maio, Capital teve sete dias sem óbitos

Escrito por Redação,

Ceará
profissional coloca dose de vacina em seringa
Legenda: Sarto reforçou a importância da vacinação e atribuiu à imunização os índices de Fortaleza
Foto: Thiago Gadelha

O prefeito Sarto Nogueira (PDT) anunciou, na tarde desta terça-feira (10), que Fortaleza não notificou nenhuma morte por Covid-19 entre os dias 3 e 9 de maio. "Nossa cidade alcançou 'estágio de muito baixa mortalidade' por Covid-19", destacou, em publicação nas redes sociais.

"Além disso, o último mês de abril apresentou a menor letalidade mensal desde o início da pandemia", frisou Sarto. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no último mês, foram confirmadas 14 mortes pela Covid-19. Boletim epidemiológico sobre a doença foi divulgado nesta terça.

"Isso é resultado do avanço da cobertura vacinal em Fortaleza. Temos aumentado, a cada dia, o número de pessoas com esquema completo em todas as faixas etárias, incluindo dose de reforço para a população de 18 anos ou mais, assim como a vacinação do público infantil, de 5 a 11 anos", citou o prefeito.

Importância da vacinação

Sarto reforçou o pedido para que todos mantenham o cartão de vacinação contra a doença atualizado. Na Capital, desde segunda-feira (9), idosos a partir de 70 anos que receberam a 3ª dose há quatro meses podem procurar um posto de imunização para receber a quarta dose da vacina. Não há necessidade de agendamento.

Para os demais públicos e o restante do cronograma vacinal, a programação na Capital é divulgada diariamente pela Prefeitura.

Positividade de exames

Ainda segundo a SMS, entre 3 e 9 de maio, as amostras de exames RT-PCR de moradores de Fortaleza analisadas pelos laboratórios da rede pública, tiveram positividade de 1,1%. O índice teve "um discreto aumento em comparação à última semana (26 de abril e 2 de maio de 2022)", quando o percentual foi de 0,5%.

Além disso, a média móvel de casos na Capital é de 11,6 casos, inferior à das últimas duas semanas.