Até quando vai chover em Fortaleza?

Institutos públicos e consultoria privada ainda indicam continuidade das precipitações nas próximas semanas na Capital cearense.

Escrito por Nícolas Paulino, nicolas.paulino@svm.com.br

Ceará
Legenda: Previsão estendida para as próximas semanas indica possibilidades de 60% a 90% de chuva.
Foto: Fabiane de Paula

As chuvas que vêm caindo em Fortaleza desde a última quarta (1º), mesmo após o fim oficial da quadra chuvosa deste ano, têm chamado a atenção. Por enquanto, a previsão para os próximos dias é de continuidade das precipitações.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) indica a ocorrência de chuvas isoladas na faixa litorânea, onde a Capital se encontra, até esta sexta (3).

No sábado (4), o céu deve ficar de nublado a parcialmente nublado com chuva isolada em todas as macrorregiões. A Fundação ainda não liberou previsão para os demais dias.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também prevê a sequência de tempo chuvoso até a próxima segunda (6).

O Diário do Nordeste consultou ainda tanto o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe), como a empresa de consultoria Climatempo. 

Ambos fornecem previsão estendida para a primeira quinzena de junho e continuam indicando probabilidade de chuvas entre 60% e 90% na Capital cearense.

Confira a previsão por dia:

03/06 (sexta-feira)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 80% de chance. Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
Inmet: Nublado com pancadas de chuva

04/06 (sábado)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 90% de chance. Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
Inmet: Muitas nuvens com chuva isolada

05/06 (domingo)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 90% de chance. Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
Inmet: Muitas nuvens com pancadas de chuva isoladas

06/06 (segunda-feira)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 60% de chance. Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Inmet: Muitas nuvens com chuva isolada

Legenda: Chuva forte durante a manhã pegou muitos fortalezenses de surpresa nesta semana.
Foto: Fabiane de Paula.

07/06 (terça-feira)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 60% de chance. Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

08/06 (quarta-feira)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 83% de chance. Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

09/06 (quinta-feira)

CPTEC: 70% de probabilidade de chuva
Climatempo: 90% de chance. Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

10/06 (sexta-feira)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 60% de chance. Sol e aumento de chuvas de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

11/06 (sábado)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 60% de chance. Sol e aumento de chuvas de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

12/06 (domingo)

CPTEC: 70% de probabilidade de chuva
Climatempo: Sol com algumas nuvens. Não chove.

13/06 (segunda-feira)

CPTEC: 70% de probabilidade de chuva
Climatempo: Sol com algumas nuvens. Não chove.

14/06 (terça-feira)

CPTEC: 90% de probabilidade de chuva
Climatempo: 90% de chance. Sol e aumento de chuvas de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

As previsões estendidas estão sujeitas a alteração.

Anos anteriores

Meteorologista do Inmet, Flaviano Fernandes ressalta que o Ceará ainda vai passar por eventos pluviométricos neste mês de junho porque, mesmo com o fim da quadra, os fenômenos indutores de chuva não param de agir imediatamente.

Historicamente, o período pós-estação chuvosa em Fortaleza não segue um padrão específico, de acordo com dados do Calendário de Chuvas da Funceme. Veja abaixo as diferenças nos últimos cinco anos para o mês de junho:

  • 2021: choveu até 1º de junho; depois, ocorrências ficaram espaçadas
  • 2020: mais constante, as chuvas só deram maior trégua após a primeira quinzena
  • 2019: houve algumas chuvas na metade do mês, mas elas reduziram significativamente já nos primeiros dias
  • 2018: choveu até meados do dia 9; depois, ocorrências ficaram espaçadas
  • 2017: choveu nos primeiros cinco dias; depois, ocorrências ficaram espaçadas