Depilação segura exige higiene adequada do ambiente, do profissional e descarte de material

Uso de máscara, de luvas, assepsia da área e descarte de material são alguns dos cuidados básicos importantes na hora da retirada dos pelos

Legenda: A responsabilidade é da depiladora em manter o local de trabalho limpo e organizado
Foto: Camila Lima

Pernas, axilas, buço e contorno lisinhos com aspecto de limpeza e de leveza são as melhores sensações após a depilação. Para conquistar resultados seguros, a dermatologista Dra. Viviane Vasconcelos alerta para a prática de cuidados simples de higiene que, para alguns, pode parecer óbvia, mas fazem total diferença no processo.

Segundo a especialista, antes da remoção dos pelos, o ideal é começar pela higiene pessoal, principalmente nas áreas íntimas, um banho adequado é essencial. "E se for depilar a virilha, períneo ou nádegas, evite fazê-lo no período menstrual", aconselha a médica.

Legenda: O correto é descartar, na presença da cliente, a espátula e o restante da cera após a depilação
Foto: Camila Lima

Outro fator que deve ser levado a sério é a higiene do ambiente. Embora seja impossível observar tudo, a troca do papel toalha colocado na maca, o modo de a profissional lavar as mãos, a limpeza da sala e o descarte de material são detalhes fáceis de verificar. Estes cuidados podem garantir a segurança de quem se depila.

Caso o salão opte pelo uso de toalhas de pano, a profissional alerta para que elas estejam embaladas e lacradas, individualmente, antes do uso. Entre uma depilação e outra, a médica diz que a troca do papel toalha é suficiente, desde que a largura do papel ultrapasse a da maca. "Essa é a orientação da vigilância Sanitária", reforça.

No caso do produto cair na maca, a higienização com álcool a 70% é essencial. Isso evita doenças transmitidas por objetos ou pelas mãos, a exemplo de infecção bacteriana (furúnculos, foliculite), fungos (candidíase, as micoses por dermatófitos) e as virais (verrugas e herpes simples).

Vale destacar ainda a escabiose causada por um ácaro e da pediculose (piolho). "Tudo isso é importante para que a pessoa entender que a troca da toalha não deve ser negligenciada. E que medidas simples e básicas de higiene são suficientes para prevenir ".

Legenda: o uso de luvas durante o atendimento é fundamental para garantir a saúde da profissional e de quem se submete a depilação
Foto: Camila Lima

As mãos são veículos transmissores de muitas doenças, por isso, a lavagem das mãos e o uso das luvas são importantes antes da depilação. A espátula e a cera devem ser descartadas imediatamente após o uso", ressalta.

Embora o risco seja pequeno, resquícios de secreções e sangue deixados no material podem transmitir doenças graves, a exemplo da hepatite B e C e o HIV. "Sempre recomendo para minhas pacientes: fujam de salões que utilizam cera "caseira", aquela que é preparada na panela. Mesmo que atinja a temperatura elevada, os fungos são muito resistentes ao calor. Além disso, são as que apresentam maior risco de queimaduras e manchas na pele", explica Viviane Vasconcelos.

Profissional

Conforme a depiladora da Clínica de Beleza Mulher Cheirosa, Viviane Tavares, que tem 20 anos de profissão, os principais cuidados são com a limpeza e a organização do ambiente. O material completamente descartável na sala de trabalho dela é lei. Viviane também alerta que, caso a profissional opte por não usar luvas, precisa lavar muito bem as mãos antes e após o contato com a pele.

"Outro requisito importante é ter, no espaço da depilação, uma pia para que pessoa possa lavar as mãos ao entrar na sala. "Eu já tenho o hábito de lavar as mão direto", completa.

Legenda: A máscara é mais um equipamento indispensável para uso da depiladora na hora do procedimento
Foto: Camila Lima

No caso da digital influencer Scarlatt Prado, que tem poucos pelos, a depilação é feita apenas a cada seis meses. Mesmo assim, para evitar qualquer risco à sua saúde, ela não abre mão dos cuidados com a higiene pessoal, do ambiente e da profissional que faz o atendimento.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?