Saiba o que muda com o novo decreto no Ceará a partir desta segunda-feira (29)

Proibição de grandes eventos de Réveillon e ampliação de capacidade de estabelecimentos são as novidades

Escrito por Matheus Facundo, matheus.facundo@svm.com.br

Negócios
Réveillon na Praia de Iracema
Legenda: Grandes aglomerações de Réveillon estão proibidas no Ceará
Foto: Alex Ferro

O Governo do Ceará publicou neste sábado (27) o novo decreto de combate à pandemia no Estado. Já antecipadas pelo governador Camilo Santana, as novidades mais fortes são a proibição da realização de grandes eventos de fim de ano e a derrubada de restrições de capacidade em estabelecimentos.

Só serão permitidos eventos sociais com capacidade de até 2,5 mil pessoas em locais fechados e 5 mil em ambiente abertos no Réveillon. As regras novas valem a partir desta segunda (29).

A ampliação do público ocorre a partir de 16 de dezembro. A comprovação do esquema vacinal completo também será exigida. 

Veja o que está definido a partir de segunda-feira (29/11)

  • Estabelecimentos que antes estavam com restrição de capacidade de público (como academias, teatros e cinemas) agora podem optar pela ocupação máxima se exigirem o passaporte da vacina. A decisão deve ser comunicada ao órgão de fiscalização; 
  • Festas de Réveillon grandes não serão permitidas; 
  • A capacidade do público de futebol em estádios abertos continua em 80% e com exigência de comprovação do esquema vacinal para maiores de 12 anos;
  • O passaporte da vacina agora também deve ter a comprovação da dose de reforço para o público elegível. 

Como tirar o passaporte de vacinação?

Confira o tutorial:

 

  • Acesse o aplicativo Ceará App. Essa ferramenta está disponível para sistema iOS, mas já está em implementação gradual para Android;
  • Também é possível emitir o documento pela página ConecteSUS . Por esses canais, a partir de dados do CPF, é possível acessar e baixar o documento.

Após acessar uma das opções acima, basta inserir dados do CPF para baixar o documento. Vale lembrar que o documento físico também pe aceito. 

Carnaval

Sobre o Carnaval, Camilo afirmou que a recomendação deverá "seguir o mesmo rumo", porém a decisão só será tomada posteriormente.