Procon Fortaleza notifica Apple e Samsung por venda de celular sem carregador

A prática, considerada abusiva, foi constatada em lojas do Centro e de shoppings na Capital

Escrito por Redação,

Negócios
Legenda: En janeiro, a Samsung lançou três modelos do Galazy S21, aparelhos que não acompanham carregador nem fones de ouvido.
Foto: Divulgação

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) notificou nesta quinta-feira (5), a Apple e a Samsung por vender celulares sem carregador.

O órgão constatou a prática abusiva após visitas a lojas do Centro e de shoppings em Fortaleza. A ação pode resultar em multa de até R$ 14 milhões.

O argumento do Procon é que o carregador é indispensável para o funcionamento do equipamento. Portanto, retirá-lo da venda junto do equipamento principal e induzir o consumidor à compra separadamente seria uma espécie de venda casada.

"O que observamos é que essa prática é abusiva, pois exige do comprador uma vantagem excessiva, onerando a parte mais vulnerável na relação de consumo, que é o consumidor", disse a Diretora do Procon Fortaleza, Eneylândia Rabelo.

Para ela, a situação se assemelha a comprar um aparelho de TV ou notebook e não estarem acompanhados de tomada ou carregador, respectivamente. "Já pensou se essa moda pega", alertou.

Com a notificação, o Procon abre investigação preliminar contra as empresas, que têm 10 dias para apresentar resposta.

Denúncias e reclamações

O Procon pede que denúncias e reclamações sobre a prática abusiva de venda de celular sem carregador, sejam encaminhadas ao órgão por meio do portal da Prefeitura de Fortaleza