Imposto de Renda 2022: como declarar valor de entrada de imóvel comprado na planta

Imposto de Renda deve ser declarado até o dia 31 de maio

Escrito por Lívia Carvalho,

Negócios
Legenda: Declaração deve ser realizada por contribuintes com bens acima de R$ 300 mil
Foto: Fabiane de Paula/SVM

Os contribuintes que adquiriram um novo imóvel na planta em 2021 e efetuaram somente o pagamento do valor de entrada, sem financiamento, precisam declarar no Imposto de Renda 2022.

A declaração é feita de forma similar a quem tem financiamento, mas é preciso indicar como é realizado o pagamento.  

O contador Rafael Rodrigues explica que a regra da declaração é válida para quem tem bens acima de R$ 300 mil. Assim, a compra do imóvel deve ser declarada na ficha de "Bens e direitos".  

“Quem fez a compra precisa colocar o número de matrícula, IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana), endereço e o valor do imóvel. Na descrição, colocar o valor de entrada e os valores das parcelas, aí nas contribuições vai atualizando até dar o total”. 

Além disso, Rodrigues orienta ser importante indicar também na descrição que ainda vai haver a entrega e quando será.  

Como informo a compra do imóvel na declaração?

A compra do imóvel deve ser declarada na ficha de "Bens e direitos", veja passo a passo:

  • Localize essa ficha no menu do lado esquerdo da tela do programa de preenchimento do IR 2022;
  • Clique em "Novo";
  • Depois selecione o "código" do bem (11 para apartamento, 12 para casa ou 13 para terreno);
  • Informe o número do "IPTU" no campo específico para isso e coloque a "data de aquisição" do imóvel;
  • Preencha a "discriminação" com as características do imóvel;
  • Informe também, no campo acima citado, os detalhes do financiamento, como valor financiado, número de prestações, o nome do banco e o número do contrato;
  • Na sequência preencha os campos relativos ao endereço, informe a "área total" e a "unidade" de medida da área (metros quadrados ou hectares);
  • Informe também se há registro em cartório de imóveis, com o respectivo número da matrícula e o nome do cartório.

Caso o imóvel esteja na planta ou seja novo, e ainda não tenha número de IPTU e matrícula próprios, essas informações ainda não são obrigatórias na declaração. Inclua os dados nas declarações dos próximos anos.

Quais os valores devo declarar?

No campo "situação em 31/12/2021" você deve informar quanto pagou pelo imóvel efetivamente em 2021, ou seja, o valor da entrada paga à vista, mais o valor do saque do FGTS usado na compra (se for o caso), mais as prestações do financiamento pagas no ano passado.

Se a compra não foi à vista, não coloque o valor total do imóvel nesse campo. Informe apenas os valores desembolsados de fato. Nas declarações dos próximos anos você deverá sempre somar as prestações pagas no ano com o valor do imóvel informado no ano anterior.