Fortaleza iniciará aplicação da 4ª dose contra a Covid em idosos acima de 60 anos

Público não precisará agendar o imunizante

Escrito por Redação,

Ceará
vacinação de idosos em fortaleza
Legenda: Público deve ter recebido a D3 há pelo menos quatro meses
Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP

A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta terça-feira (17), a aplicação da 4ª dose da vacina contra a Covid-19 para idosos acima de 60 anos que receberam a D3 há pelo menos quatro meses. O acesso ao imunizante não exigirá agendamento prévio. 

"Vamos atender por livre demanda, sem necessidade de agendamento prévio, nos locais que estiverem realizando vacinação contra Covid-19, conforme programação divulgada diariamente no portal da Prefeitura", informou o prefeito José Sarto.

4ª dose em fortaleza
Legenda: José Sarto anunciou o novo cronograma nesta segunda-feira (16)
Foto: Reprodução/Redes sociais

A aplicação da D4 por demanda espontânea já havia sido liberada para idosos acima de 70 anos no último dia 9 de maio. 

Além da Capital, os demais municípios cearenses estão autorizados a aplicar a segunda dose de reforço no mesmo público, assim como em pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições permanentes.  

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) garantiu que cidades têm estoque disponível para esta nova etapa da imunização contra a Covid-19.

Intervalo entre doses 

Conforme o Ministério da Saúde, deve ser utilizado nesses casos, preferencialmente, o imunizante da Pfizer. Ainda segundo o órgão, podem ser usadas, de maneira alternativa, as vacinas desenvolvidas pela Janssen ou AstraZeneca, independentemente da dose utilizada anteriormente.

O intervalo entre a primeira e a segunda dose de reforço é de quatro meses. Segundo o ministério, estudos indicam que a estratégia aumenta em mais de cinco vezes a imunidades do paciente após uma semana da aplicação.