865 mil pessoas faltaram à vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza; 300 mil doses vencem em julho

Dependendo da procura nas próximas semanas, pode faltar vacinas para o reforço de determinados grupos.

Escrito por Nícolas Paulino , nicolas.paulino@svm.com.br

Ceará
Legenda: Gestão municipal busca acelerar imunização para impedir a perda de imunobiológicos restantes.
Foto: Thiago Gadelha

Fortaleza tem 300 mil doses de vacina contra a Covid-19 em estoque, com vencimento até o mês de julho, mas ainda há 865 mil pessoas com alguma dose atrasada na Capital. Para evitar as perdas dos imunizantes, a gestão municipal decidiu utilizar terceiras doses como D4 e vem ampliando os públicos convocados.

As informações foram repassadas pela secretária municipal de Saúde, Ana Estela Leite, em entrevista ao Diário do Nordeste. A preocupação da gestora é que, se houver um aumento muito grande da procura, “não vamos ter garantia de disponibilidade para todos”. 

Conforme balanço da SMS, as pendências são:

Ana Estela, porém, destaca que o planejamento não considera tanto aqueles atrasados para a primeira dose (um ano e quatro meses após o início da campanha) porque, considerando os prazos de intervalo entre as doses, não seria possível a essas pessoas completar o esquema vacinal.

A secretária explica que praticamente 100% da população adulta da cidade recebeu as duas primeiras doses; contudo, a cobertura da D3 atingiu apenas 65% do mesmo público, até o momento. Na D4, voltada atualmente para idosos com mais de 60 anos, o percentual é de 4%.

Entre os adolescentes de 12 a 17 anos, a cobertura é menor: 75% receberam a D1 e 60%, a D2. O cenário mais crítico é entre as crianças, público cuja D1 só atingiu 55% do total e, a D2, 29%.

“Hoje, eu tenho 80 mil pessoas para tomar a segunda dose de Pfizer, mas só 30 mil doses esperando por elas. Estou liberando pra D3, pra D4 porque não posso guardar, elas vão se vencer em 31 de julho. Então, a gente está avançando nessa liberação”, alerta.

Sem novas remessas enviadas pelo Ministério da Saúde, a SMS lida com doses remanescentes que foram destinadas a outras doses. A estratégia hoje é liberar aos poucos para determinados grupos da população, por algumas semanas, para observar a adesão. 

Processo facilitado

Atualmente, em Fortaleza, todas as doses podem ser aplicadas sem a necessidade de agendamento prévio, bastando apenas o cadastro no site Saúde Digital e os pré-requisitos necessários, como idade e intervalo mínimo entre as doses.

66
postos de vacinação estão distribuídos em quatro shoppings (Iguatemi, RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy e Shopping Central), no Sesi Parangaba, no Centro de Eventos (agora apenas na modalidade drive-thru) e em 60 postos de saúde. 

O atendimento ocorre mediante a capacidade diária máxima de cada centro de vacinação. Nos postos de saúde, ele está disponível das 9h às 16h, com intervalo para o almoço, de 12h às 13h.

Pessoas com Covid-19 só podem receber o imunizante 30 dias após o início dos sintomas ou do resultado positivo, em casos de assintomáticos. Em casos negativos para o coronavírus, mas com quadro de síndrome gripal, a aplicação pode ocorrer após 48h do desaparecimento dos sintomas.