'Não há qualquer previsão de decisão', diz Cabeto sobre Réveillon de Fortaleza

Secretário de Saúde informou que o comitê de prevenção ao coronavírus segue analisando os dados da pandemia no Estado

A festa de Réveillon em Fortaleza está sem previsão de realização este ano, conforme informou o secretário estadual da Saúde, Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, em entrevista ao Sistema  Verdes Mares, na manhã desta segunda-feira (19).

> Camilo cobra do Governo Federal maior controle sanitário no Aeroporto de Fortaleza

"O comitê [de combate à Covid-19 no Ceará] vem desde o começo obedecendo a mesma metodologia, semanalmente, a gente analisa todos os dados, elabora inquérito sorológico, estuda a situação viral nos diversos locais, para que a gente possa fazer a prospecção, nesse momento, não há qualquer previsão de decisão sobre esse aspecto", afirmou o secretário ao ser perguntado sobre a realização da festa de Réveillon em Fortaleza, que reúne milhões todos os anos na orla da Capital.

 

Normalmente com atrações locais e nacionais, a festa realizada no Aterro da Praia de Iracema, conta com show pirotécnico tradicionalmente realizado após a contagem regressiva para celebrar a chegada do novo ano.

Powered by RedCircle

Testagem e rastreio de visitantes

Durante a entrevista, o Dr. Cabeto também afirmou que o Governo do Estado propôs à Fraport Brasil, concessionária do Aeroporto Internacional de Fortaleza, um protocolo para testar e rastrear visitantes que chegam ao Ceará. Porém, segundo o secretário, a medida depende de autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

> Cabeto: Estado testará todos os passageiros de voos internacionais para a Covid-19

> Voos diretos entre Paris e Fortaleza são retomados

"Estamos cobrando a Anac, a Anvisa, ao Ministério da Saúde que estabeleça protocolos claros. Da parte do Estado, nós conversamos com a presidência da Fraport, estabelecemos uma metodologia de testagem de todos os passageiros e que, além da testagem, eles possam ser seguidos, seja feito o rastreamento. Para que a gente não só consiga dar atendimento adequado ao visitante, mas também que a gente proteja a população cearense", disse Cabeto.

No sábado (17), em reunião com o Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus que delibera sobre o Decreto Estadual relativo à pandemia do coronavírus, o governador Camilo Santana informou ao grupo ter enviado ofícios ao Governo Federal (Ministério da Infraestrutura, Anac e Anvisa) solicitando reforço nas ações de controle sanitário no Aeroporto de Fortaleza, especialmente em relação aos voos internacionais. Isso, em virtude do aumento de casos de Covid na Europa e EUA.

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios