Suspeito de ataque racista contra Douglas Silva do BBB 22 é identificado pela polícia

A pessoa, que mora no Rio Grande do Sul, seria envolvida também outros casos de homofobia e racismo nas redes sociais

Escrito por Redação,

Zoeira
douglas silva no bbb 22
Legenda: O ator foi chamado de "macaco do BBB" em publicação anônima
Foto: Reprodução

O homem suspeito de proferir ataques racistas contra o participante Douglas Silva, do BBB 22, foi identificado pela polícia carioca, segundo o advogado do ator informou nesta quarta-feira (26).

Conforme Ricardo Brajterman, o suspeito mora em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. Ele seria envolvido também outros casos de homofobia e racismo nas redes sociais. As informações são do site Splash, do Uol.

O advogado foi nesta quarta à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) para apresentar denúncia formal. Ele estava acompanhado de um representante da Comissão de Combate às Discriminações e Preconceitos da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Segundo o Uol, a pessoa apontada pela polícia enfrenta sete outros processos por ações preconceituosa e discriminatórias, em diferentes cidades do RS.

O perfil oficial de Douglas publicou um comunicado sobre o caso nesta tarde: "Todas as medidas judiciais já estão sendo tomadas pela família de Douglas a fim de que os responsáveis sejam investigados e punidos na forma da Lei. É inacreditável, inadmissível e inconcebível que isso ainda aconteça nos dias atuais".

Caso de racismo

A denúncia foi contra uma publicação de um blog hospedado no site WordPress. O texto anônimo, publicado na última sexta-feira (21), perguntava: "desde quando são permitidos macacos como integrantes de reality shows? Douglas Silva não passa de um primata, nada mais e nada menos".

"Provavelmente o colocaram nesse programa por pena, até nisso é capaz de terem cotas. Este negro imundo deveria ser crucificado vivo, e, logo em seguida, ter seu corpo carbonizado. Não vejo sentido em colocarem um macaco imitador de circo na televisão. O lugar desse preto fedido é trabalhando no sol quente numa lavoura e levando chicotada do nosso amigo Capataz Sancto", diz o texto.

A publicação ainda usou uma foto da Ku Klux Klan ao afirmar: "Douglas Silva, um macaco no 'BBB'". A organização conhecida também como "KKK" representa um grupo de supremacistas brancos responsáveis por perseguir, torturar e assassinar pessoas negras nos Estados Unidos.