Serviços de restaurantes universitários da UFC serão suspensos a partir de segunda (28) em Fortaleza

Nova licitação deve ser realizada após desistência da empresa prestadora de serviço

Escrito por Redação,

Ceará
Legenda: A equipe de Nutrição da UFC constatou inadequações da empresa após fazer acompanhamento in loco
Foto: Vc Repórter

Em meio às reclamações de estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC), a empresa contratada para os Restaurantes Universitários (RUs) dos campi em Fortaleza desistiu de prestar serviços, na tarde desta quinta-feira (24). Com a saída da Nutrê Alimentação Ltda, o funcionamento será suspenso a partir da próxima segunda-feira (28).

A decisão da empresa responsável pelo fornecimento de refeições ao RU da Capital foi formalizada após fiscalização e notificação realizada pela universidade, aponta a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) da UFC.

O departamento ainda detalhou que a decisão de rescindir o contrato ocorreu "diante do descumprimento dos requisitos licitatórios acordados e do não atendimento seguro às necessidades da comunidade acadêmica".

O RU tem sido alvo de críticas dos alunos desde a volta das aulas presenciais e a reabertura dos equipamentos. Os estudantes relatam dificuldades para almoçar. Dentre as reclamações estão as longas filas e a baixa qualidade da comida. 

Auxílio emergencial

Buscando reduzir os impactos da desistência da empresa de prestar serviço, a UFC já abriu um procedimento licitatório emergencial para contratar uma nova fornecedora. 

Além disso, a partir de segunda, a Prae garantirá um auxílio-alimentação para os alunos em situação de vulnerabilidade. O pagamento será entregue até que a nova licitação seja concluída, seguindo as mesmas condições dos últimos dois anos, quando as aulas estavam no modelo remoto. 

"Estamos cientes dos prejuízos que a suspensão temporária dos serviços representa aos nossos alunos. Entretanto, não fazê-la acarretaria a perpetuação dos problemas apontados pela comunidade".
Geovana Cartaxo
Pró-reitora de Assuntos Estudantis

Geovana ainda detalhou que a UFC está "empreendendo todos os esforços para que em poucos dias haja substituição da fornecedora".

Descumprimento do contrato

Na última quarta-feira (23), a UFC notificou a Nutrê que iria acompanhar in loco o processo de produção e distribuição das refeições a partir de hoje. No entanto, logo no primeiro dia, a equipe de Nutrição já constatou inadequações da empresa, que não seguia as condições do contrato firmado. 

A dificuldade em atender às exigências inviabilizaria a continuidade do serviço. Desse modo, a UFC recorreu a medidas administrativas cabíveis para resolver a situação.

Assuntos Relacionados