Irmã da repórter Marina Alves é internada e relata preparativos para transplante: “coração está grato”

Coleta da medula da técnica de enfermagem Lumara Sousa será realizada nesta segunda-feira (4)

Escrito por Theyse Viana ,

Ceará
Lumara Sousa, irmã da repórter Marina Alves
Legenda: Medula de Lumara, irmã de Marina, será coletada nesta segunda-feira (4)
Foto: Arquivo pessoal

Ansiedade e esperança. As duas palavras podem parecer opostas, mas se completam para descrever o que a técnica de enfermagem Lumara Sousa, 30, sente às vésperas de doar uma parte de si à irmã, a repórter Marina Alves, 32.

Na manhã deste domingo (3), Lumara foi hospitalizada e já realizou procedimentos e exames preparatórios para a coleta das células da medula óssea, que será feita nesta segunda-feira (4).

A ansiedade bate, nesse momento que vai chegando mais perto, mas o coração está grato a Deus e com muita fé de que vai dar tudo certo. Agora é só esperar.
Lumara Sousa
Irmã de Marina Alves

Transplante programado para terça-feira

Marina Alves e Lumara Sousa
Legenda: Após descobrir parentesco, as duas já se encontraram pessoalmente pelo menos três vezes
Foto: arquivo pessoal

O transplante da medula de Lumara em Marina está programado para a próxima terça-feira (5). Após o procedimento, explica a técnica de enfermagem, Marina permanecerá internada e em monitoramento por até 40 dias.

“Se estivesse doando para outra pessoa, estaria ansiosa do mesmo jeito. Não é porque é minha irmã, mas pelo sentimento de salvar uma vida, de poder ajudar a pessoa a resgatar o que tinha antes”, descreve Lumara, cujas voz e aparência não negam o parentesco com Marina.

O desejo dela, por fim, é um só: “que dê tudo certo e, em breve, ela possa voltar a viver como vivia antes, dando bom dia e entrando na casa das pessoas cedinho, com aquela alegria dela”.

Assuntos Relacionados