Panetone, vinhos e decoração: supermercados apostam na venda antecipada de produtos natalinos

Faltando menos de dois meses para o Natal, supermercados e mercadinhos de Fortaleza já iniciaram vendas de produtos do período

O clima de Natal já chegou nas prateleiras de alguns supermercados de Fortaleza, há menos de dois meses do período. Os itens mais comercializados, que já estão à disposição, são os panetones, seguidos de frutas cristalizadas e vinhos, estes últimos muito consumidos no Natal.

O tradicional panetone chega a ser vendido nos mais variados preços, a partir de R$ 7,99, no Mercadinho Confiança, localizado no bairro Maraponga, na Capital. A variedade do doce italiano e dos vinhos são as apostas do local.

"Começamos a vender cedo porque a procura também chegou cedo. A expectativa para as vendas estão altas", afirma Patrícia Alves, funcionária do estabelecimento. 

O Mercadinho Preço Pequeno, no Meireles, também investiu nos panetones, mas de forma tímida, ainda aguardando o mês de novembro para iniciar as vendas de outros produtos, como as frutas cristalizadas

Grandes redes

O grupo GPA, marca detentora das bandeiras Pão de Açúcar e Extra, espera vender mais de mil toneladas de panetones até o final do ano. Com isso, as marcas estimam crescimento de cerca de 10% na comparação com o igual período do ano passado. O mês de outubro segue destinado à produção do item. 

O supermercado Big Bompreço, que tem unidades em Fortaleza, informou que ainda não vende produtos natalinos nesta época do ano.

No entanto, a reportagem apurou que em uma das unidades da rede em Fortaleza já existe comercialização de panetones e enfeites, como árvores de Natal, como mostra a imagem abaixo.  

Expectativa de vendas em novembro

O mês de novembro carrega as altas expectativas de vendas para os empresários do ramo. O Mercadinho 4 Irmãos, na Praia do Futuro, realizou o pedido de vários produtos natalinos com previsão de chegada para o dia 1º de novembro.

"Pedimos o que mais sai por aqui, panetones e as carnes, tanto o peru quanto o chester", afirma Maria da Vitoria, responsável pelo estabelecimento. 

Panetones aparecem em mais da metade dos lares brasileiros 

Os panetones realmente fazem sucesso na mesa natalina. O doce de origem italiana exerce, há muitos anos, um papel importante na sociedade. Segundo pesquisa realizada pela Kantar, ele é consumido em 52,4% dos lares do País, principalmente pelo público A e B, mas também entre as classes C, D e E. 

De acordo com o estudo, os brasileiros gastam, em média, R$ 25,34 em panetones e consomem aproximadamente 440 gramas do produto por ano. O público que mais procura o item natalino tem entre 40 e 49 anos. 

Vale ressaltar que o panetone supera guloseimas e receitas tradicionais do País, como outros doces e pães. A versão tradicional, feita com uvas-passas e frutas cristalizadas, segue como a favorita do público.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios