Como ser sócio do Nubank? Veja quais as vantagens e desvantagens do investimento

Fintech irá abrir capital na bolsa de Nova York até o próximo dia 10 de dezembro e emitir BDRs através da B3

Escrito por Redação,

Negócios
Nubank
Legenda: A estimativa do banco é que sejam doadas entre 18, milhões e 22,9 milhões de BDRs para os clientes, sendo apenas um título por pessoa.
Foto: Divulgação

O Nubank disponibilizou a função para que os clientes previamente cadastrados no banco se tornem sócios da instituição.

A empresa já havia anunciado que irá disponibilizar uma parte das ações que venderá ao mercado a parceiros através do programa NuSócios. Saiba como funciona a opção de investimento e o NuSócios.

O banco, que irá abrir capital na bolsa de Nova York até o próximo dia 10 de dezembro, solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorização para negociar BDRs, que são certificados que representam ações emitidas por empresas em outros países, através da B3.

Os interessados poderão adquirir os ativos como qualquer outra opção de renda variável, mas os clientes do banco poderão receber de graça um BDR equivalente a 1/6 de uma ação ordinária de classe A da Nu Holdings.

A estimativa do banco é que sejam doadas entre 18,3 milhões e 22,9 milhões de BDRs para os clientes, sendo apenas um título por pessoa. Os ativos serão distribuídos por ordem de inscrição.

O valor de cada ação e dos BDRs ainda será confirmado ao final do IPO.

Quem pode entrar para o NuSócios?

Para receber um "pedacinho do Nu", como o banco vem chamado, os clientes precisam atender alguns requisitos:

  • Ser pessoa física cliente da Nu Pagamentos até dois dias antes do fim do período de adesão;
  • Ter uma conta Nu que não esteja bloqueada para transações;
  • Não estar inadimplente com o banco por mais de oito dias corridos;
  • Ter recebido pelo menos uma operação feita em qualquer produto do Nubank no último mês

Como se cadastrar?

O banco disponibilizou na página inicial do aplicativo dos clientes selecionados um banner convidando para ser sócio da fintech.

Para aceitar, os interessados devem:

  1. Clique na opção "Saiba mais" e depois em "Eu quero!"
  2. Assista ou pule os vídeos de explicação do programa
  3. Clique m "Quero participar do NuSócios"
  4. Digite sua senha de quatro dígitos para concluir o cadastro

Concluído esse procedimento, o banco irá enviar um e-mail confirmando a inscrição e explicando os passos seguintes do investimento.

Um ponto importante é que os participantes do NuSócios só poderão negociar o BDR cedido pelo banco após 12 meses da emissão do certificado.

Quem não é cliente pode adquirir BDRs do Nubank?

Sim. Quem não é cliente da fintech e tiver interesse em adquirir BDRs do Nubank pode ter acesso ao investimento. Basta ter uma conta em corretora vinculada à CVM.

Quais as vantagens do BDR?

O analista de finanças corporativas da Arêa Leão Consultoria Empresarial, João Lucas Pinheiro Frota, ressalta que a principal vantagem desse tipo de produto é a redução da burocracia.

Isso porque o investidor estaria apostando em um ativo internacional sem precisar abrir conta no exterior.

Além disso, é uma forma de aumentar a diversificação da carteira com ativos em moedas estrangeiras.

Quais as desvantagens do BDR?

Já entre as desvantagens, uma das que chamam atenção é que os detentores do BDR não são sócios da empresa.

Frota explica que, como o BDR é um recebido, o investidor não é considerado sócio e não tem todos os direitos que um acionista teria, como o direito ao voto.

Outra desvantagem é que o produto está fora da isenção tributária para vendas de até R$ 20 mil por mês.

Uma característica que pode ser positiva ou negativa é a interferência da variação cambial na rentabilidade do BDR.

Conforme Frota, caso a ação suba 20%, mas o câmbio caia os mesmos 20%, no fim, a rentabilidade será zero. O mesmo acontece no sentido inverso