Banco do Brasil: 5,5 mil funcionários aderem a plano de demissão voluntária

Conforme o BB, os impactos financeiros da adesão serão informados nas apresentações de resultado do 4º trimestre de 2020

Legenda: Ao anunciar os programas de desligamento voluntário em janeiro, o Banco do Brasil também informou ao mercado o fechamento de 112 agências
Foto: Reinaldo Jorge/Arquivo

O Banco do Brasil anunciou hoje (8), por meio de comunicado ao mercado, a adesão de 5.533 funcionários aos programas de desligamento voluntário da empresa. Conforme o BB, os impactos financeiros da adesão serão informados nas apresentações de resultado do 4º trimestre de 2020.

A instituição comunicou no mês passado a realização do desligamento voluntário por meio do Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e do Programa de Desligamento Extraordinário (PDE). O BB havia estimado que cerca de cinco mil funcionários se candidatariam.

No fim de setembro, 92,1 mil funcionários integravam o quadro do Banco do Brasil. 

Fechamento de agências

Ao anunciar os programas de desligamento voluntário em janeiro, o Banco do Brasil também informou ao mercado o fechamento de 112 agências como parte de seu plano de reorganização para ganhos de eficiência operacional. A economia líquida anual estimada com o plano é de R$ 353 milhões em 2021 e de R$ 2,7 bilhões até 2025.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios