Cid Moreira nega ser maltratado por esposa e rebate novamente acusações de filhos: 'Infâmia'

Desde o mês passado, os dois filhos de Cid acusam Fátima Sampaio Moreira de maus-tratos com o paie já pediram até a sua prisão

Escrito por Redação,

Zoeira
Cid Moreira e esposa Fátima Sampaio Moreira. Na foto, Fátima está beijando Cid na bochecha
Legenda: Declaração de ex-caseiro do jornalista, divulgada neste terça, corrobora as acusações dos filhos
Foto: Reprodução/Instagram

O jornalista Cid Moreira, de 93 anos, se pronunciou novamente para negar as acusações de que é maltratado pela esposa Maria de Fátima Sampaio Moreira, 53. Por meio de vídeos enviados a emissoras de televisão nesta terça-feira (3), ele classificou as denúncias de seus filhos como "infâmia".

Uma das declarações mais sustentadas pelos filhos do ex-apresentador, Rodrigo Radenzev Simões Moreira e Roger Felipe Naumtchyk Moreira, é a de que ele não é alimentado adequadamente. 

"Gosto muito da variedade [de alimentos]. Isso de dizer que estou sendo impedido de comer ou [recebendo] comida estragada... Isso é uma infâmia. Uma coisa terrível. Fico até constrangido de falar uma coisa dessa. A Fátima é uma pessoa muito amorosa. Ela ajuda todo mundo. Sempre prestativa", pontua Moreira em vídeo exibido no programa "A tarde é sua", da RedeTV!.

O ex-âncora da TV Globo ainda se disse envergonhado com a proporção que o caso tomou. Desde o mês passado, seus dois filhos acusam Fátima de se aproveitar do jornalista por dinheiro e ainda negligenciar cuidados com a saúde dele.

Acho que isso que está acontecendo é uma coisa que me deixa até inibido porque sempre fui uma pessoa que gosto de ter domínio. Tudo que acontece na minha casa eu preciso saber e aprovar. E isso que estão falando da Fátima é uma coisa terrível
Cid Moreira
Jornalista e ex-apresentador

"Presente de Deus" 

Ao programa "Fofocalizando", do SBT, Cid Moreira também condenou as acusações de sua família e afirmou que é lúcido e firme para tomar suas próprias decisões. Os filhos chegaram a dizer que ele tinha princípio de demência. 

Ex-apresentador disse que considera a esposa "um presente de Deus" e que "Esse pessoal [filhos] não está gostando disso". Moreira ainda falou que não sabe qual o intuito das denúncias.

"Sempre lutei, estou chegando aos 94 [anos] e continuo lutando até morrer. Quero ter domínio sobre as minhas coisas. Não admito, de jeito nenhum, interferências de ninguém! Sempre trabalhei, trabalho desde os meus oito anos. Acho que o trabalho dignifica o homem", comenta.

Caseira confirma maus-tratos

Um ex-caseiro de Cid Moreira confirmou aos dois filhos do jornalista os maus-tratos praticados pela atual madrasta Maria de Fátima Sampaio Moreira.

Segundo relato do homem, que prestou serviços durante 26 anos, Maria de Fátima Sampaio Moreira oferecia refeições armazenadas inadequadamente, o deixava sozinho em casa e o agredia. As informações foram divulgados pelo portal Notícias da TV, do UOL, nesta terça-feira (3).

"[A comida] era horrível. (...) A comida sai da geladeira, esquenta, vai para a mesa, passa duas horas na mesa, depois volta para a geladeira. [Era] 15 dias fazendo isso. Era pizza todo dia. E daquelas pizzas horríveis. Ela [Fátima] fazia [a pizza], ficava um tempão lá na geladeira. Era todo dia pizza", lembra o trabalhador.

Entenda o caso 

A polêmica familiar se iniciou após Roger Moreira, filho adotivo de Cid, comentar publicamente que fora deserdado pelo pai. O motivo, segundo ele, foi a assunção de uma relação não aprovada pelo jornalista.

Os filhos do jornalista Cid Moreira, Roger e Rodrigo, entraram com um processo judicial na Vara da Família de Petrópolis, no Rio de Janeiro, pedindo a interdição do pai e a prisão da madrasta. Eles alegam que o ex-apresentador do Jornal Nacional enfrenta sintomas de demência e que tem a liberdade limitada por atitudes da atual esposa dele. 

Cid chegou a gravar um vídeo ao lado de Fátima para negar o cárcere privado. Em uma mesa farta de comida e ao lado da mulher, ele afirmou que sempre foi bem tratado.

Fátima ainda rebateu as declarações de Roger sobre a adoção e a relação dele com o pai. Na ocasião, ela se posicionou afirmando que Cid não poderia comentar o assunto devido ao processo correr em segredo de Justiça.