Morre o fotojornalista JL Rosa, aos 35 anos, em Fortaleza

Profissional atuou em diversos veículos, entre eles o jornal Diário do Nordeste

Escrito por Redação ,
JL ROSA. Morre fotojornalista JL Rosa aos 35 anos em Fortaleza
Legenda: Jornalista tinha quase duas décadas de experiência na área
Foto: Arquivo Pessoal/Thiago Gadelha

O repórter fotográfico João Lucas Arruda Rosa, mais conhecido como JL Rosa, morreu, nessa segunda-feira (8), aos 35 anos, em Fortaleza. O profissional tinha quase duas décadas de experiência como fotojornalista, ganhou prêmios na área e passou por diversos veículos jornalísticos, entre eles o Diário do Nordeste

A informação foi divulgada pela família nesta terça-feira (9). O velório do jornalista acontece nesta tarde, a partir das 13h, na Funerária Paz Eterna, no bairro Dionísio Torres. O sepultamento acontece logo depois, às 16h, no Cemitério São João Batista, Centro da Capital. 

O fotojornalista, atualmente, integrava o quadro de funcionários da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), que lamentou o falecimento e se solidarizou à família. 

"JL Rosa, como era carinhosamente chamado pelos amigos, era um profissional talentoso, competente e cordial que partiu precocemente, deixando muita tristeza e saudade entre nós. Neste momento de dor, a Câmara, os vereadores, os servidores e sobretudo os profissionais do Departamento de Comunicação se solidarizam com todos os familiares e amigos de nosso querido JL Rosa. Que Deus o receba em paz e seja o conforto e consolo para toda a sua família."

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará (Sindjorce) também emitiu nota sobre a perda do profissional. 

"Reconhecido pela sua competência e premiações, João Lucas era um querido amigo para muitos colegas. Sua partida deixa um vazio na nossa categoria, que lamenta não apenas a perda de um talento, mas também o peso emocional que carregamos nesta rotina apressada em que vivemos. Expressamos nosso pesar e solidariedade aos familiares e amigos", declara o presidente da organização, Rafael Mesquita.

Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.
Assuntos Relacionados