Incêndio atinge prédio residencial no bairro Cocó, em Fortaleza

Não havia moradores no apartamento no momento do incêndio. Somente a perícia poderá desvendar as causas

Escrito por Matheus Facundo, matheus.facundo@svm.com.br

Ceará
prédio pegando fogo no bairro cocó em fortaleza
Legenda: Viaturas dos bombeiros e escada de emergência estão sendo usadas no local
Foto: Reprodução

Um incêndio atingiu um prédio residencial no bairro Cocó, em Fortaleza, na tarde desta quarta-feira (22). O Corpo de Bombeiros já se encontra no local com apoio de uma escada, um caminhão-pipa e outra viatura de combate às chamas. O fogo foi controlado por volta das 15h45. 

O edifício fica na rua Andrade Furtado. Conforme o Sistema Verdes Mares apurou no local, o prédio tem 24 andares.  A ocorrência seria no 22º andar, segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE).

A guarnição do quartel localizado no bairro Mucuripe foi acionada. Os agentes de segurança estão solicitando que os moradores evacuem o local. 

Ainda não se sabe a causa do incêndio. Moradores de prédios vizinhos estão auxiliando os que vivem no prédio afetado, com água e também dando abrigo a animais. 

Uma família e uma diarista que estavam na porta ao lado do foco do fogo ficaram presos por alguns momentos, por conta da forte fumaça, mas foram resgatas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, havia ainda uma senhora de 101 anos dormindo no 10º andar. Ela foi auxiliada por equipes de resgate, que ficaram com ela enquanto os trabalhos eram realizados. 

Veja imagens:

bombeiros em ocorrência de incêndio em prédio residencial
Legenda: O Corpo de Bombeiros atua no local
Foto: Darley Melo

incêndio em prédio no cocó
Legenda: O prédio tem 22 andares
Foto: Reprodução

Apartamento vazio 

De acordo com o coronel Ronaldo Roque, comandante geral do CBMCE, não havia moradores no apartamento no momento do incêndio. Somente a perícia poderá desvendar as causas.

Nenhuma pessoa ficou ferida e o fogo se concentrou somente no foco. Segundo o coronel, os danos foram apenas materiais, em móveis e eletrodomésticos. 

No total, foram utilizadas quatro equipes de combate, uma escada mecânica, duas viaturas de salvamento e duas de resgate. O gestor dos bombeiros pontuou que o prédio possuía boas condições preventivas. 

"Daqui de baixo mesmo acionamos nossas bombas de água por meio do sistema de canalização preventiva. O prédio tinha seus preventivos. Daí a importância de se manter os preventivos em boas condições", comenta. 

Os moradores evacuados devem voltar às suas casas ainda nesta quarta, segundo o coronel Roque. Após o rescaldo, o síndico deve ser acionado para iniciar os procedimentos.