Sede da SSPDS dará lugar a novo campus do IFCE em Fortaleza; veja onde Governo Federal fará outros

A sede da SSPDS dará lugar a uma das novas sedes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Escrito por Thatiany Nascimento e Nícolas Paulino , thatiany.nascimento@svm.com.br
Legenda: Sede da SSPDS na Av. Bezerra de Menezes, que sediará nova unidade do IFCE
Foto: Divulgação Governo do Ceará

Em visita ao Ceará, nesta quinta-feira (20), o presidente Lula (PT) junto ao ministro da Educação, Camilo Santana (PT), detalhou, em evento no Palácio da Abolição - sede do Governo do Estado -, os bairros de Fortaleza que receberão os novos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), são eles: Messejana e São Gerardo. Neste último, o campus funcionará onde hoje é a sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na Av. Bezerra de Menezes. 

Em março, o Governo já havia anunciado a expansão do número de unidades e, nesta quinta, em visita do presidente a Fortaleza, detalhes foram liberados. Os outros municípios cearenses que também receberão novas unidades do IFCE são:

  • Mauriti
  • Campos Sales
  • Lavras da Mangabeira
  • Cascavel

A meta, segundo o Governo Federal,  é gerar 8,4 mil vagas de educação profissional e tecnológica (EPT). Os IFCE ofertam formação técnica integrada ao Ensino Médio e também cursos do Ensino Superior com graduações e pós-graduações.

No evento no Palácio, o ministro Camilo Santana confirmou que o campus São Gerardo ocupará o lugar da antiga SSPDS, segundo ele, após uma doação feita pelo governador Elmano de Freitas. Conforme o ministro, Elmano também doou um terreno de 31 hectares em Messejana próximo a CE 040 para a construção do outro equipamento na Capital. 

O investimento, informa o Governo Federal, é de mais de R$ 150 milhões para o Instituto. No Palácio, as autoridades assinaram a autorização para que o Campus São Gerardo do IFCE possa funcionar ainda no primeiro semestre de 2025

Veja também

O governador Elmano de Freitas reiterou que o prédio onde funcionava a SSPDS "em poucos meses, funcionará o novo Instituto Federal do Ceará", bem como o terreno em Messejana. 

"Fizemos investimento, passando para o Estado, esses terrenos avaliados, em cerca de 80 milhões de reais (incluindo também um terreno doado no Cariri para a UFCA). E eu quero dizer que tenho muito orgulho de dizer, não tenho nenhuma dúvida, se perguntar ao povo cearense, em que é que foi gasto esses 80 milhões de reais. Foi para fazer o Hospital Federal do Cariri, de construir dois institutos federais para a juventude do Ceará".
Elmano de Freitas
Governador do Ceará

Em 2021, o Governo do Estado já havia anunciado que a SSPDS passaria a funcionar no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), inaugurado em novembro de 2023, no bairro Aeroporto em Fortaleza. 

Estudo de potencialidades

Em entrevista ao Diário do Nordeste, o reitor do IFCE, José Wally Mendonça Menezes, disse que está sendo desenvolvido um estudo de potencialidade, coordenado pela Pró-Reitoria de Ensino do IFCE, para deteminar quais cursos serão ofertados nos novos campi. 

Esses cursos, relata ele, "estão baseados na visão que a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico(OCDE) tem como novas profissões do futuro". Mas, adiantou, são cursos de Inteligência Artificial, que integram arte, cultura e humanidade, além dos de Saúde e Artes. 

Outro investimentos

Outros anúncios são sobre o investimento de R$ 17,4 milhões para construção de restaurantes estudantis em 12 campi do IFCE: Acaraú, Acopiara, Aracati, Boa Viagem, Canindé, Itapipoca, Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Maranguape, Quixadá, Tabuleiro do Norte e Tauá. 

Além disso, há a previsão de mais R$ 15,3 milhões para outros nove restaurantes estudantis, em: Baturité, Camocim, Caucaia, Guaramiranga, Horizonte, Morada Nova, Paracuru, Tianguá e Ubajara. Segundo o Governo Federal, também haverá investimentos de R$ 4,5 milhões para construção de três bibliotecas do IFCE; e R$ 3,1 milhões para obras.  

 

 

Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.