Museu do Memorial Padre Cícero realiza visitas virtuais guiadas durante a quarentena

A atividade, parte do projeto +CulturaemCasa, é composta por quatro episódios que apresentam a exposição de longa duração da Fundação

Legenda: Museu da Fundação reúne rico acervo sobre a trajetória de Padre Cícero
Foto: Foto: Lino Fly

A programação online está bombando durante o período de quarentena. Museus, artistas e outros equipamentos culturais encontraram na internet uma forma de promover entretenimento. Pensando nisso, a Fundação Memorial Padre Cícero, localizada no Centro de Juazeiro do Norte, realiza visita virtual gratuita ao museu nas terças-feiras via Instagram.  

A atividade é mediada pela presidente da instituição, Cristina Holanda, e conta com quatro episódios sobre a história da importante figura do Cariri cearense. De acordo com Cristina, a ideia partiu da Secretaria da Cultura do Município e foi uma forma de apresentar a mais recente exposição de longa duração do Museu, inaugurada em setembro de 2019 e com a curadoria da presidente, Claudinei Silva, Karla Lima, Yorrana Gonçalves, Mateus Quintans e Lis Cordeiro.   

Os dois primeiros episódios da série já foram lançados e apresentam linha do tempo da trajetória do ‘Padim Ciço’. O vídeo de estreia mostra a obra “Padre Cícero: eterna inspiração” do artista plástico conterrâneo Marcus Jussier. Em 10 quadros, é retratado momentos da vida do sacerdote do nascimento à morte.  

Legenda: Quadro de Marcus Jussier que compõe a obra: "Padre Cícero: Eterna Inspiração"
Foto: Foto: Augusto Pessoa

O segundo apresenta essa jornada dividida por temas e elaborada pela equipe da Instituição por meio de objetos e peças histórias do acervo do Museu. Os episódios três e quatro serão lançados nos dias 5 e 12 de maio, respectivamente. 

“No próximo vídeo, vamos apresentar três eixos temáticos: as representações sobre o Padre Cícero; a Beata Maria de Araújo; e a renovação do Sagrado Coração de Jesus, uma prática religiosa muito forte aqui no Juazeiro que foi ensinada pelo Padre Cícero”, adianta Cristina. O quarto, por sua vez, traz outros três eixos: a história de Juazeiro por meio do mobiliário; a Guerra de 1914; e cantinho sensorial. 

Legenda: No Museu, é possível ver artigos pessoais do Padim Ciço, como seu cajado e uma réplica do chapéu
Foto: Foto: Rosângela Menezes

“Caso a quarentena se prolongue, a nossa ideia é mostrar posteriormente o acervo da biblioteca, que é o acervo técnico de material, e pode ser uma excelente oportunidade para outras pessoas conhecerem”, revela Cristina, que não descarta uma próxima série apresentando os outros espaços da Fundação. 

O projeto conta ainda com interpretação em libras realizada pelo Centro de Libras da cidade como forma de tornar a experiência mais acessível.  

De acordo com a presidente, a recepção do projeto tem sido bem positiva. “Os moradores que não tinham ido visitar a nova exposição estão encantados em conhecer, saber mais detalhes da vida de Padre Cícero. Além disso, temos a oportunidade de levar a mostra para outros lugares”, comemora.  

A ação faz parte da programação do projeto +CulturaemCasa, realizado pela Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte, que promove diariamente atividades culturais, como dicas de leitura e cursos profissionalizantes gratuitos.