Fortaleza não terá Carnaval, anuncia Sarto; verba vai para saúde, cultura e segurança alimentar

Decisão da gestão municipal acompanha posicionamento do Governo do Ceará

Foto: Thiago Gadelha

Fortaleza não terá Carnaval em 2022. O anúncio foi feito, na tarde desta terça-feira (30), pelo prefeito José Sarto (PDT) e acompanha a decisão do governador Camilo Santana (PT) de suspender os editais estaduais para a festa devido ao risco de terceira onda provocado pela nova variante do coronavírus, a Ômicron

Nas redes sociais, o prefeito informou que a verba de quase R$ 14 milhões que seria destinada aos editais do Ciclo Carnavalesco da Cidade será investida em “proteção à saúde, proteção à vida, alimentar e para incentivo à cultura”. 

“Fortaleza está fazendo seu dever de casa”, afirmou Sarto, lembrando que a Prefeitura já havia decidido cancelar as festas públicas de Réveillon.

“Nosso foco é vacinar toda a população com a maior celeridade possível, pois, neste momento, a prioridade deve ser prevenir uma terceira onda do coronavírus e preservar vidas”, continuou o prefeito na legenda da postagem. 

Assista ao pronunciamento do prefeito:

Grandes festas de Réveillon proibidas

Na última reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia no Ceará, foi decidido que festas públicas de grande porte estão proibidas neste fim de ano no Estado. Contudo, até o momento, seguem permitidos eventos com capacidade de até 2,5 mil e 5 mil pessoas em locais fechados e abertos, respectivamente. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?