Saque de dinheiro por meio do PIX em lojas deve ser liberado em junho

Em 2021, foram realizadas 286 milhões de operações por meio do Pix. Os usuários movimentaram R$ 225 bilhões

Pix no celular
Legenda: A ideia é que a operação ocorra da seguinte forma: o usuário com saldo na conta pode fazer uma transferência para o lojista por meio do Pix e receberá o dinheiro em espécie
Foto: Divulgação

O Banco Central informou que o saque de dinheiro em espécie no comércio por meio do Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos, deve ser lançado para os usuários em junho deste ano. As informações são do UOL.

A ideia é que a operação ocorra da seguinte forma: o usuário com saldo na conta pode fazer uma transferência para o lojista por meio do Pix e receberá da loja o dinheiro em espécie. O saque por meio do Pix em lojas físicas havia sido anunciado pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em junho de 2020.

De acordo com o BC, a medida beneficia os clientes de bancos tradicionais e de fintechs, que não vão precisar depender exclusivamente das agências e caixas eletrônicos para fazer a retirada do dinheiro.

A autoridade monetária também avalia que a medida vai proporcionar mais segurança para os lojistas, que poderão reduzir o número de idas aos bancos para fazer depósitos.

Em 2021, foram realizadas 286 milhões de operações por meio do Pix. Os usuários movimentaram R$ 225 bilhões.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios