Lote residual do IRPF de novembro pode ser consultado a partir desta segunda, 23

Para verificar se teve a declaração liberada, basta acessar a página da Receita Federal

Imagem do site da Receita Federal
Legenda: A declaração completa é indicada para quem tem mais gastos a deduzir
Foto: Agência Brasil

A consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) referente a novembro de 2020 pode ser feita a partir das 10h desta segunda-feira (23), no site da Receita Federal ou pelo aplicativo disponível para tablets e smartphones. Ao todo, 198.967 contribuintes vão receber o crédito bancário no dia 30 de novembro. O valor é superior a R$ 399 milhões

Desse total, R$143.883.105,20 são destinados aos contribuintes com prioridade legal. Aqueles acima dos 60 anos ou com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave, e ainda os contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.  

Segundo a Receita Federal, foram contemplados, ainda, 153.573 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 12 de novembro de 2020. 

Para verificar se teve a declaração liberada, basta acessar a página da Receita Federal. No Portal e-CAC, é possível acessar o serviço “Meu Imposto de Renda” e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Se houver, o contribuinte pode avaliar e regularizar eles mesmo, mediante entrega de declaração retificadora, explicou o órgão. 

O valor da restituição fica disponível no banco durante um ano. Caso não haja resgate nesse prazo, a pessoa deve deve requerê-la pela internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço “Meu Imposto de Renda”. 

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve procurar pessoalmente uma agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados