Inflação em Fortaleza sobe 1,06% em novembro; veja resultado por setor

Resultado da Capital é o segundo maior do Nordeste e o quinto mais alto do País

Escrito por Redação,

Negócios
supermercado em fortaleza
Legenda: Setor de alimentos e bebidas registrou alta de 0,37% em Fortaleza
Foto: Fabiane de Paula

Fortaleza registrou a quinta maior inflação do País em novembro deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

A capital cearense apresentou uma alta de 1,06% no mês passado e ficou atrás apenas Campo Grande, Salvador, Goiânia, e Curitiba.

Com o resultado, Fortaleza também apresentou uma variação acima da média nacional, registrada em 0,95% para o mês passado. Além da capital cearense, outras 7 cidades tiveram uma inflação maior que a do País.

Das capitais analisadas pelo IBGE, apenas Belém apresentou uma variação negativa para o IPCA em novembro.

Veja o ranking indicado pelo órgão: 

  1. Campo Grande: 1,47% 
  2. Salvador: 1,42%
  3. Goiânia: 1,39%
  4. Curitiba: 1,07%
  5. Fortaleza: 1,06%
  6. Brasília: 1,04%
  7. Recife: 1,02%
  8. Porto Alegre: 0,96%
  9. Brasil (média): 0,95%
  10. Aracaju e Belo Horizonte: 0,92%
  11. Rio de Janeiro: 0,88%
  12. São Paulo: 0,86%
  13. Rio Branco: 0,82% 
  14. São Luís: 0,73%
  15. Belém: -0,03%

Segmentos mais impactados 

Em Fortaleza, o setor dos transportes foi um dos principais responsáveis pela alta de novembro já que apresentou uma variação positiva de 4,42%. Vestuário vem logo atrás do ranking, com uma alta de 1,20%. 

A lista segue com artigos de residência (0,84%), despesas pessoais (0,77%), e alimentação e bebidas (0,37%). 

Educação (-0,04%), comunicação (-0,68%) e saúde e cuidados pessoais (-1,32%) foram os segmentos que apresentaram queda na variação do IPCA de novembro em Fortaleza.