Indústria e comércio com funcionamento pleno: saiba o que muda na fase 3 em Fortaleza

Cadeias já liberadas em etapas anteriores chegarão ao patamar de 100% do trabalho presencial permitido. Fase também incluía reabertura de bares e barracas de praia, além de restaurantes à noite, mas foram descartados nesse momento

Fotografia de shopping em Fortaleza
Legenda: Shopping em Fortaleza com sinalização de filas para demarcar o distanciamento social
Foto: Thiago Gadelha

As cadeias dos setores têxteis e roupas, incluindo as lojas de shoppings, comunicação, publicidade e editoração, indústria e serviços de apoio, artigos do lar, agropecuária, indústria e comércio de móveis poderão funcionar com 100% do efetivo a partir de segunda-feira (6) em Fortaleza.

Além disso, os setores de tecnologia da informação, logística e transporte, que inclui a cadeia de comércio e reparação de bicicletas, comércio e serviços de higiene e limpeza, setor automotivo e comércio de outros produtos, como saneantes, livrarias, brechós e papelarias também estão liberados para reabrir integralmente a partir da próxima semana.  

Já o setor de alimentação fora do lar - excluindo bares e barracas de praia - e atividades religiosas passarão a funcionar com 50% do efetivo. No casos dos templos religiosos, a limitação dos locais passa dos 20% para 50% da capacidade. 

O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, no sábado (4), dando início - de forma diferente ao previsto inicialmente - à fase 3 do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas na Capital.

A mudança de fase previa anteriormente a reabertura de bares e barracas de praia, bem como o funcionamento de restaurantes à noite. No entanto, o Governo do Estado decidiu adiar essa parte do plano, como precaução indicada pelos órgãos de saúde.

"As restrições de não abrirem ainda bares, restaurantes à noite e barracas de praia continuam sendo avaliadas. Isso para não acontecer aqui o que aconteceu em muitos países que reabirram e fecharam novamente, fazer com muito zelo, muita responsabilidade, muita prudência, para que o estado não tenha que retroceder", disse o governador. 

Setores

A terceira etapa do plano de retomada responsável da economia cearense também completará algumas cadeias produtivas liberadas em outros momentos.

Confira a lista:

  • Têxteis e roupas

  • Comunicação, Publicidade e editoração

  • Indústria e serviços de apoio

  • Artigos do lar

  • Cadeia agropecuária

  • Cadeia moveleira

  • Tecnologia da informação

  • Logística e transporte

  • Comércio e serviços de higiene e limpeza

  • Comércio de outros produtos

Empregos

Ao todo, mais de 137 mil empregos deverão ser para o retorno às operações presenciais na Capital, enquanto que regiões do restante do Estado passam por diferentes fases do plano de retomada.

Veja as mudanças anunciadas:

  • Fortaleza avança para a Fase 3, inclusive com espaços públicos, como praias e calçadões, liberados para atividades físicas individuais, sem aglomeração. Ressalto que restaurantes continuam funcionando só durante o dia, e bares e barracas de praia ainda não têm autorização de funcionamento esta semana. A decisão do Comitê de Saúde foi de avaliar mais detalhadamente nos próximos dias os impactos da abertura desses estabelecimentos nesta fase;
  • Municípios da Macrorregião de Fortaleza avançam para a Fase 2;
  • Macrorregiões do Sertão Central, Litoral Leste/Jaguaribe avançam para a Fase 1;
  • Macrorregiões Norte e Cariri permanecem na Fase de Transição da Economia. E seguem em Isolamento Social Rígido as cidades de Juazeiro, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu, Sobral e Tianguá;
  • Retorna o transporte intermunicipal de passageiros a partir do dia 10/7, com o devido protocolo sanitário sendo exigido.
  • Temos conseguido avanços importantes nos indicadores em Fortaleza e na maioria das regiões. Mas não podemos relaxar de forma nenhuma. Continuamos acompanhando os números com muito rigor e só avançaremos com muita responsabilidade, seguindo a orientação das nossas equipes de saúde. Volto a alertar que a pandemia continua. Ainda é grave. Só saia de casa se for necessário, e sempre usando máscara. 

Assuntos Relacionados