Com novo decreto, ocupação média dos hotéis de Fortaleza pode subir a 30%

Novas regras de isolamento social permitem funcionamento de restaurantes, barracas de praia e outras atividades econômicas aos sábados e domingos, o que pode estimular o fluxo turístico na cidade

Legenda: Setor hoteleiro vê de forma positiva maior flexibilização econômica
Foto: José Leomar

Com o anúncio do fim do isolamento social rígido aos fins de semana em Fortaleza, a ocupação dos hotéis deve chegar a 30% no Ceará, projeta o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Ceará (Abih-CE), Régis Medeiros. O governador Camilo Santana anunciou nesta sexta-feira (30) maior flexibilização das atividades econômicas.  

O novo decreto, que passa a valer a partir da próxima segunda-feira (3), permite a abertura do comércio de rua e restaurantes aos sábados e domingos no mesmo horário liberado na semana, das 10h às 15h. Os shoppings abrirão das 12h às 17h, incluindo praça de alimentação. As regras para funcionamento durante a semana foram mantidas  

O presidente da Abih, Régis Nogueira, explica que o nível da ocupação deve crescer com o maior funcionamento dos restaurantes e barracas de praias. Atualmente, a ocupação está em torno de 20% e, no lockdown, chegou a ser menos de 10%. 

 “Agora, estamos caminhando para a casa dos 30%, que é um bom número diante da situação atual, é um positivo de recuperação, mas ainda longe de uma normalidade. Nesta época do ano, a taxa chegava a superar os 50% de ocupação”.  
Régis Nogueira
presidente da Abih-CE

“O lazer para turistas é frequentar restaurantes, barracas de praias, então com essa decisão, pode ser um maior estímulo para que haja mais viagens para o Ceará. As pessoas estão loucas para viajar, então quando solta um pouquinho e tem o que fazer, as pessoas já querem vir”, detalha.  

Alívio com o BEm 

Nesta semana, o Governo Federal lançou a nova edição do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm), que permite a suspensão de contratos de trabalho e redução de jornadas e salários de funcionários. A medida, de acordo com Nogueira, também deve trazer certo alívio ao setor.  

“Os hotéis estão sem caixa, a situação financeira está muito difícil, o que havia de reserva já foi usado. Não temos dinheiro nem para despedir um funcionário, então o programa vai ajudar a segurar um pouco as despesas com folha de pagamento dessas empresas”, pondera.  

REGRAS EM VIGOR A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA (3 DE MAIO):

  • O Ceará continua em isolamento social, com toque de recolher de segunda a sexta-feira das 20h às 5h;
  • Atendimento presencial liberado para café da manhã a partir de 6h em padarias, supermercados e congêneres, valendo também no fim de semana;
  • Comércio de ruas e serviços, como restaurantes e barracas de praia, funcionam das 10h às 16h. Aos fins de semana, o funcionamento será das 10h às 15h;
  • Shoppings, incluindo praça de alimentação, funcionam das 12h às 18h. Aos fins de semana, abrem das 12 às 17h;
  • Toque de recolher, aos fins de semana, das 19h às 5h;
  • Construção civil pode iniciar as atividades a partir das 7h;
  • Atividades físicas individuais podem ser realizadas em espaços públicos e abertos;
  • Aulas presenciais nas escolas estão permitidas até o 9º ano do ensino fundamental;
  • Academias de ginástica podem funcionar das 6h às 18h;
  • Igrejas e templos podem funcionar com 25% da capacidade, inclusive nos fins de semana.
Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios