Ceará terá novos voos para Jericoacoara, Juazeiro e outros destinos

Maceió, Porto Velho e Macapá também estão no rol de novos destinos

Legenda: A Latam confirmou que as rotas ligando o Aeroporto de Guarulhos a Juazeiro do Norte e Jericoacoara terão frequências diárias
Foto: Divulgação

O Ceará terá 5 novas opções de voos internos a partir de novembro, todos operados pela Latam. Os novos destinos deverão conectar:

  • São Paulo a Jericoacoara
  • São Paulo a Juazeiro do Norte
  • Fortaleza a Maceió
  • Fortaleza a Porto Velho
  • Fortaleza a Macapá.

A informação foi confirmada por Diogo Elias, diretor de vendas e marketing da Latam Brasil nesta segunda-feira (2). 

Além das novas rotas anunciadas, a Latam confirmou o retorno de outras 5 operações partindo do Aeroporto de Fortaleza, ligando a Capital a Confins (MG), Natal (RN), Salvador (BA), São Luiz (MA) e Recife (PE). 

A previsão é que as novas rotas tenham início de comercialização na próxima quarta-feira (4). As rotas operadas anteriormente pela companhia já devem estar disponíveis nos portais de venda da Latam no início dessa semana. 

Novas rotas diárias

A Latam também confirmou que as rotas ligando o Aeroporto de Guarulhos a Juazeiro do Norte e Jericoacoara terão frequências diárias, sendo operados com o Airbus A320 e o A319, respectivamente. 

O primeiro voo para Jeri será operado em 1º de dezembro desse ano, enquanto a rota para Juazeiro comerá no próximo dia 4 de novembro.

As novas operações da Latam ainda incluem voos entre São Paulo e Vitória da Conquista (BA), e São Paulo e Petrolina (PE).

Em Fortaleza

Para a capital cearense, as novas operações da Latam terão frequências variadas. Para Porto Velho (RO) e Macapá (AP), serão 4 voos por semana. Já a rota ligando Fortaleza e Maceió (AL) terá 5 voos por semana. 

Essas rotas também têm previsão de início para o mês de novembro desse ano. 

Mercado em recuperação 

Para Diogo Elias, as condições da pandemia do novo coronavírus tem mudando o perfil de viagens dos brasileiros e impulsionando os níveis de recuperação dos voos internos, com a Latam prevendo operar em patamar quase semelhante ao de 2019, no pré-pandemia. 

A previsão da companhia é, em novembro, estar operando com mais de 93% do patamar de igual mês de 2019. Contudo para o Ceará, a estimativa é superar os 101% da operação local em dezembro de 2021 ante dezembro de 2019. 

Jeri é um destino muito de lazer, mas Juazeiro tem um viés mais corporativo. Estamos procurando o mix desses dois setores e estamos avaliando os níveis de retomada. Mas a redução dos voos internacionais é um fator importante, porque os brasileiros estão restritos de entrar em alguns países, então o crescimento do doméstico tem a ver com a baixa nos voos internacionais", disse.
Diogo Elias
diretor de vendas e marketing da Latam Brasil

"Além disso, temos vários protocolos de segurança durante a pandemia e temos evoluído e criado novo. Mas, claro, com voos mais curtos as pessoas se sentem mais confortáveis e tudo isso vem em prol do doméstico onde a maioria dos voos não passa das 4h", completou.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios