Caixa vai permitir redução de até 75% e pausa nas parcelas do financiamento imobiliário

De acordo com o banco, o contratante terá de comprovar perda de renda e terá a sua situação avaliada pelo banco

Casa própria
Legenda: Consumidores que perderam renda podem ter um alívio nas parcelas do financiamento imobiliário
Foto: Shutterstock

A Caixa Econômica Federal anunciou na manhã desta segunda-feira (7) que vai permitir redução de até 75% na parcela do financiamento imobiliário na tentativa de amenizar os impactos econômicos do novo avanço da pandemia de coronavírus no Brasil.

O banco também anunciou a possibilidade de pausa no pagamento das prestações por até seis meses para contratantes que sejam beneficiários do auxílio emergencial 2021 ou estejam recebendo o seguro desemprego.

Quem tem direito

Conforme a instituição, para ter a redução acima de 75% na prestação, o cliente deverá comprovar junto ao banco que teve perda de renda. A concessão do benefício ocorrerá mediante avaliação feita pela Caixa.

  • Contratante também poderá ter uma redução de 25% a 74,99% da prestação da casa própria por até três meses;
  • E redução de 25% por até seis meses.

Para ter acesso às reduções ou pausa o cliente deve fazer a solicitação por meio do aplicativo Habitação Caixa. O cliente também pode buscar a pausa no financiamento por meio do 0800 104 0104.

Durante o anúncio das novas condições, o presidente do banco, Pedro Guimarães, pontuou que o valor reduzido “volta a ser pago durante todo o tempo restante do crédito imobiliário”.

“Mais uma vez estamos ouvindo a população em um momento sensível. Estamos oferecendo uma redução no pagamento e como normalmente ainda faltam 10, 15 anos de financiamento, o acréscimo será muito pequeno ao longo do tempo”, explicou Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios