Marcos Lessa prepara-se para lançar quarto álbum da carreira no próximo domingo (11)

"Deslizando na canção" tem produção e arranjos de Roberto Menescal, que pretende inserir o cearense na carreira internacional

Legenda: Roberto Menescal produziu álbum com Marcos Lessa em seu estúdio no RJ. Depois de Fortaleza, cantor lança álbum em São Paulo e no Rio de Janeiro

A primeira vez que Marcos Lessa dividiu palco com Roberto Menescal foi por puro acaso. O mestre da Bossa Nova participava de um show-palestra em Brasília no qual falava do gênero musical que ajudou a criar e tocava alguns clássicos ao violão. O cearense o ouvia atentamente da plateia e, eventualmente, cantava os trechos que Menescal emendava no instrumento. "Quem é esse rapaz que está cantando aqui? Não quer subir aqui pra dar uma canja?", perguntou Menescal. Marcos cantou "Rio", uma parceria do músico com Ronaldo Bôscoli.

Oito anos depois desse episódio, os dois voltam a se encontrar em um palco no próximo domingo (11), no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza. O show marca o lançamento do álbum "Deslizando na canção", o quarto na carreira de Marcos Lessa. O disco contou com arranjos e produção de Roberto Menescal, que também inseriu a guitarra nas faixas. "Jamais imaginei que anos depois daquele dia, eu estaria dentro de um estúdio com o Menescal produzindo um álbum meu. Esse disco é a realização de um sonho. É como se eu estivesse dentro dos discos que eu amava escutar quando era criança", dimensiona Marcos Lessa, que também é parceiro do músico na faixa "Nina", composição dos dois em conjunto com Pio Rodrigues e Macedo.

Gravações

O álbum foi gravado no Rio de Janeiro, no estúdio Albatroz, que o compositor de "O Barquinho" mantém no meio da Ilha da Pesquisa. Ao lugar, de aparente simplicidade, só é possível chegar de balsa e é lá onde Menescal passa horas tocando e produzindo os projetos que ainda permanecem ativos aos 81 anos.

Foi dessa mente inquieta que surgiu o interesse de produzir o novo álbum do cearense, depois de uma rápida passagem por Fortaleza. Por intermédio de Pio Rodrigues, Marcos e Menescal se reencontraram e foram para um estúdio local gravar a canção "Nina". Ao fim do trabalho, o carioca sugeriu a feitura do álbum com sua produção.

"Acho que ele faz um personagem que não existe mais na música brasileira, que é o cantor de sucessos dos compositores. O Marcos é um intérprete. Esse tipo de cantor não existe mais na MPB", considera Menescal ao destacar a sutileza de Marcos Lessa na interpretação das músicas e o envolvimento do cantor no projeto. "Poucas vezes, eu estive tão bem em um estúdio como estive nele", conta.

A sintonia entre os dois foi tão grande que a gravação do álbum durou menos tempo que o esperado. Menescal tinha reservado três dias para a inserção da voz de Marcos nas faixas, mas o cantor resolveu a demanda em apenas uma tarde. "Eu passei um mês no Rio de Janeiro só respirando esse disco, quando eu entrei no estúdio, eu já tinha tudo o que eu teria que fazer na cabeça", refaz Lessa.

Parcerias

Além da guitarra de Menescal, "Deslizando na canção" contou ainda com o acompanhamento do trio que segue o produtor carioca há anos: Adriano Souza (teclados), Adriano Giffoni (contrabaixo) e João Cortêz (bateria). O álbum tem ainda a presença do saxofonista Alexandre Caldi e participações de Marcos Valle (piano) e Jorge Vercillo (voz).

No repertório, definido entre Lessa e Menescal, canções inéditas dividem espaço com obras de compositores como Evaldo Gouveia e Paulo César Pinheiro (na inédita "Lembranças de amor"), João Donato e Marcos Valle ("Entardecendo"), João Donato e Cazuza ("Doralinda"), Lisieux Costa e Fausto Nilo ("Lua do Leblon").

Além deles, há também a presença de parcerias de "novos" autores, como Pio Rodrigues e Macedo ("Maresia") e de parte do trabalho autoral do próprio cantor que apresenta parcerias com Pio Rodrigues ("Sinceramente") e Lucas Abude ("Promessas da vida").

Com distribuição em todo o País, o álbum gravado pela Biscoito Fino também será lançado em outros estados. Em outubro, já estão fechadas apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro. Todas na companhia de Roberto Menescal.

A proposta é que esse projeto também possibilite a inserção de Marcos Lessa no mercado internacional. O cantor, que já fez apresentações pontuais na Argentina e EUA, aguarda que a parceria com Menescal abra portas em outros países. "Queria deixar o meu trabalho consolidado junto ao meu povo e na minha terra para então, com essa base forte, alçar voos maiores. Agora, chegou este momento", afirma Lessa.

A ideia tem a aprovação de Menescal, que já planeja a presença de Marcos em países como Japão e Portugal. "Eu vejo muita possibilidade, vou tentar lançá-lo lá fora", atesta o produtor musical.

Serviço

Lançamento do álbum "Deslizando na canção"

No próximo domingo (11), às 18h, no Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 - Centro). Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Informações: (85) 3252.4138

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados