VÍDEO: Quatro secretários de Paulo Guedes pedem demissão após manobra no teto de gastos

A quinta-feira foi marcada por pedidos de demissão na equipe do ministro da economia

A intenção do presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), de aumentar a assistência à população vulnerável, abalou o mercado de ações nesta quinta-feira (21) e gerou pedidos de demissão no Ministério da Economia, diante do possível aumento de gastos a um ano das eleições presidenciais. Quatro secretários deixaram equipe de Paulo Guedes durante o dia. Assista à reportagem em vídeo, acima.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios