TAM Executiva deve deixar base em Aracati, afirma Setur

Informação foi confirmada pelo secretário Arialdo Pinho

Legenda: Hangar da TAM Aviação Executiva está localizado no Aeroporto de Aracati
Foto: Foto: Cid Barbosa

A TAM Aviação Executiva deverá encerrar as atividades na base de Aracati, no Aeroporto Regional de Canoa Quebrada Dragão do Mar nos próximos meses. A informação foi confirmada ontem (26) pelo secretário de Turismo do Governo do Ceará, Arialdo Pinho. Procurada, a empresa não se pronunciou até o fechamento desta edição.

A partir da saída, o Estado deverá abrir uma nova licitação para que outra empresa possa ocupar o espaço no terminal em questão.

Segundo Arialdo Pinho, a relação de negócios não estava sendo vantajosa para a entidade e para o Governo estadual, que estaria buscando uma substituta com maior movimentação de voos nos próximos meses. Uma das que poderia ocupar o espaço deixado pela TAM Executiva é a MAP Linhas Aéreas, que atua no Norte do País.

O secretário de Turismo do Estado disse ainda que a MAP procurou a administração pública estadual para negociar incentivos fiscais relacionados ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre o combustível de aviação. No entanto, o diálogo entre as partes não avançou muito, segundo explicou Pinho.

O Governo do Ceará deverá manter as condições já existentes para conceder os benefícios fiscais às companhias áreas. "Quem se adequar ao nosso modelo será contemplado pelos benefícios", disse o secretário de Turismo.

As instituições que operarem pelo menos três voos semanais com destino a três cidades do interior cearense (Juazeiro do Norte, Jericoacoara e Aracati) têm direito a incentivo que reduz em 64% na base de cálculo para ICMS incidente sobre o querosene de aviação.

Atividade

Arialdo Pinho, no entanto, não precisou quando a licitação para uma nova companhia aérea ocupar a base será realizada. No início do ano passado, a TAM Executiva ainda trabalhava com a expectativa de que os negócios da companhia seriam impulsionados pela recuperação econômica.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados