Prova para cargos no IJF ocorrem neste domingo(4) seguindo os novos protocolos de concursos públicos

Organização do certame reforça que candidatos terão temperatura aferida na entrada do local de prova, não poderão utilizar os bebedouros e devem levar máscara reserva

Legenda: Candidatos deverão obedecer às regras de distanciamento social no local de prova
Foto: Imparh/Prefeitura de Fortaleza

A primeira prova do concurso para o Instituto Doutor José Frota (IJF) será aplicada amanhã (4) já de acordo com o Protocolo Setorial de Medidas Sanitárias para a Retomada de Concursos Públicos e Processos Seletivos. O documento, que reúne uma série de regras para examinadores e candidatos para evitar a propagação do coronavírus, foi publicado ontem (2) pelo Governo do Ceará.

A prova será aplicada em dez locais da Capital cearense. Em todos eles, de acordo com a Prefeitura de Fortaleza, o acesso do candidato estará condicionado ao aferimento de temperatura e uso de máscara de proteção facial, que deverá ser utilizada durante todo o período de aplicação da prova, cobrindo completamente o nariz e a boca.

"O Imparh, como órgão responsável pela realização do certame, disponibilizará álcool em gel em todas as salas de aplicação de prova, recomendando seu uso sempre que necessário. Os candidatos deverão manter o distanciamento mínimo, obedecendo as marcações, com relação à equipe de aplicação e aos outros participantes, além de seguir a etiqueta respiratória", diz a organização do concurso em nota.

Legenda: Marcações no chão indicam distanciamento social mínimo necessário entre os candidatos nos locais de aplicação da prova
Foto: Imparh/Prefeitura de Fortaleza

Ainda de acordo com a organização, os bebedouros, também por medida de segurança, estarão interditados nos dez locais de prova. A recomendação é que o candidato leve sua própria água, em recipiente de material transparente. Conforme o Protocolo do Governo do Estado, também é recomendado ao candidato levar uma máscara reserva.

Seleção

O processo seletivo é voltado para profissionais com nível técnico em higiene dental e em imobilização ortopédica, além de profissionais com nível superior em direito, enfermagem, fonoaudiologia e psicologia. Também serão admitidos graduados em medicina nas seguintes especialidades: cirurgião pediátrico, cirurgião torácico, médico clínico, intensivista, cirurgião de mão, pediatra e psiquiatra. Ao todo, são 176 vagas.

O concurso será realizado em duas etapas, sendo a primeira composta pela aplicação de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, para todos os candidatos.

A segunda etapa será uma análise de títulos e experiência profissional, de caráter meramente classificatório, apenas para os candidatos classificados na primeira etapa.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios